Desconhecido. Novo vinho tinto do Douro é mesmo para conhecer

- Publicidade -

A garrafa deve ser aberta meia hora antes de servir.

Novo ano, novos vinhos para conhecer. Com tanta variedade para conhecer no mercado, muitos consumidores apostam em listas de recomendação que vão surgindo aqui e ali, bem como artigos dedicados a certas referências. É o caso do Desconhecido Reserva Tinto 2017, vinho do Douro sobre o qual vos falamos hoje.

O ano vitícola de 2016/2017 caracterizou-se por ser um ano extremamente seco e quente no Douro – Baixo Corgo. A evolução das condições climáticas contribuiu para um adianto significativo do ciclo vegetativo, fazendo com que esta tenha sido uma das vindimas mais precoces de que há memória, com início a 4 de setembro, cerca de duas semanas mais cedo que o verificado geralmente na Região do Douro.

A ausência prolongada de precipitação e a ocorrência de temperaturas muito elevadas conduziram a um forte stresse hídrico, térmico e luminoso, numa fase precoce do ciclo, condicionando a evolução da parede de vegetação da videira e tendo tido um impacto na produção, nomeadamente pela desidratação ocorrida nos cachos.

Do ponto de vista fitossanitário, os cachos apresentavam-se, de uma forma geral, excepcionalmente sãos. A restrição hídrica e as temperaturas elevadas que se fizeram sentir durante o período de maturação conduziram a um aumento da concentração de açúcar num curto espaço de tempo, o que levou a que houvesse a necessidade de se vindimar com maior celeridade.

A colheita oportuna proporcionou mostos de grande qualidade, com bons níveis de açúcar e compostos fenólicos. E de tudo isto nasceu o Desconhecido, cuja enóloga é Lisete Osório.

As vinhas e a adega estão situadas na margem esquerda do rio Douro, entre a Régua e o Pinhão, na localidade de Marmelal, com uma localização privilegiada na Região Demarcada do Douro. São cerca de 9 hectares onde dominam os solos xistosos e boas exposições solares, entre os 300 e 400m de altitude.

Tendo estagiado durante 13 meses em barricas de carvalho francês, e com engarrafamento a agosto de 2021 com rolha de cortiça natural, o Desconhecido Reserva Tinto 2017 apresenta uma cor rubi intensa e tons violetas. No aroma, mostra-se jovem e complexo, com notas de frutos vermelhos e algumas especiarias, na boca é elegante com a madeira bem integrada o que o torna um vinho fino com os taninos bem polidos. A boa acidez que tem proporciona um final de boca longo e que deixa adivinhar uma boa evolução em garrafa.

Devido ao seu perfil, o Desconhecido Reserva Tinto 2017 serve de acompanhamento para queijos curados, pratos da cozinha mediterrânea, peixes, carnes vermelhas e caça. Atenção: a garrafa deve ser aberta meia hora antes de servir, com o vinho decantado e servido à temperatura de 15ºC a 18ºC.

Foram produzidas 2.666 garrafas deste Desconhecido Reserva Tinto 2017. Podem apanhá-lo em várias plataformas online, com preços a partir dos 11,98€.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes