Rise. Nova máquina Delta Q injeta o café de baixo para cima

- Publicidade -

Uma parceria com o conceituado criador francês Philippe Starck.

Hoje, no evento Delta Inovação 22 – Try The Reserve, a Delta Cafés levou essa tirada à letra ao apresentar uma nova máquina Delta Q que promete impressionar. Chama-se Rise e injeta o café… debaixo para cima.

A marca diz que este conceito é único no mundo. Basicamente, a extração do café começa inversamente ao que é normal, ou seja, a partir do fundo fundo da chávena, o que intensifica o paladar e os aromas naturais do café e traz ao de cima um creme persistente, mantendo a temperatura ideal, e proporcionando um expresso superlativo.

Isto é possível também graças ao copo criado especificamente para o sistema Rise, sendo um elemento ativo e crítico na extração da bebida. O copo ganha primazia na criação de uma bebida que potencia todas as características organolépticas e sensoriais do café, resultando numa experiência superlativa. Existem vários copos, feitos de diferentes materiais e disponíveis em várias cores.

Fruto de um trabalho de investigação e desenvolvimento tecnológico, onde se incluem mais de 20 patentes, o ecossistema RISE assenta em três pilares fundamentais: inovação, design e expresso, que ajudam a explicar a disrupção que o sistema traz para a categoria de café em cápsulas.

Este café que desafia a gravidade, que promete dar um novo sentido à experiência de consumo de um café expresso “perfeitamente ao contrário”, estará disponível em novembro, mais especificamente a partir de 17 de novembro, dia em que a máquina RISE Delta Q with Starck chega ao mercado. Tem um PVP recomendado de 279,99€, sendo que será também possível adquirir conjuntos de copos, quatro copos de expresso ou dois copos expresso e dois copos bebidas longas, com o PVP recomendado de 34,99€.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes