Os Dead Can Dance vão dar dois concertos em Lisboa

Seis anos após o lançamento do último álbum, Brendan Perry e Lisa Gerrard, mais conhecidos como Dead Can Dance, têm regresso marcado às edições e às atuações ao vivo com DIONYSUS, nono álbum da banda com lançamento previsto para 2 de novembro. Com esta novidade, foi também anunciada uma digressão mundial, com passagem garantida pela Aula Magna, em Lisboa, nos dias 23 e 24 de maio de 2019.

Os Dead Can Dance juntaram-se, pela primeira vez, em 1981, em Melbourne, na Austrália, e deram a conhecer o seu primeiro álbum três anos mais tarde. Fascinados por diferentes vertentes da tradição espiritual e pela história antiga e medieval da Europa, o grupo domina a complexa tarefa de reunir todas estas inspirações num projeto musical de profunda integridade e rara beleza artística. A vertente emocional, que os atraiu para a música, é a mesma que atrai fãs por todo o mundo e que transformou os Dead Can Dance num projeto universal e intemporal.

Depois de se separarem em 1998, a banda voltou a reunir-se em 2005 para uma série de concertos e reapareceu, em 2011, com Anastasis, o último álbum editado.

Em abril deste ano, foi pelo Twitter que Brendan Perry anunciou que os Dead Can Dance foram até aos míticos estúdios Abbey Road para masterizar um novo álbum (DIONYSUS), o segundo desde a reunião de Perry e Lisa Gerrard em 2011.

A banda não toca ao vivo desde o final da tour de 2013. Como dissemos, este regresso a Portugal acontece nos dias 23 e 24 de maio de 2019, sendo que os bilhetes vão estar à venda a partir de dia 7 de setembro, sexta-feira, em bol.pt e locais habituais (CTT, FNAC, El Corte Inglès). O preço dos bilhetes ainda não foi divulgado.


 

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,843FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Metaleiros Jinjer dão concerto em Portugal em junho do próximo ano

A banda ucraniana vai regressa a Portugal, dois anos depois de uma prestação inesquecível no Vagos Metal Fest.

DPD instalou uma estrutura de madeira em Lisboa para melhorar a qualidade do ar

Sabiam que os veículos que fazem as entregas da DPD, bem como as lojas Pickup, têm sensores que medem em tempo real as mais prejudiciais e finais partículas PM 2.5?

Há mais um restaurante Burger King em Lisboa

E é um restaurante próprio, neste caso o oitavo do género em Portugal.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Franquia Power Rangers vai ganhar filmes e séries à semelhança do MCU

O objetivo é ter um universo que se conecta ao longo das diversas adaptações, seja para o grande ou pequeno ecrã.

Análise – Xiaomi Mi True Wireless Earphones

Apesar do design um pouco mais robusto e a curta autonomia apresentada, o preço dos Xiaomi Mi True Wireless Earphones faz com que sejam uma opção a ter em conta.