Os Dead Can Dance vão dar dois concertos em Lisboa

Seis anos após o lançamento do último álbum, Brendan Perry e Lisa Gerrard, mais conhecidos como Dead Can Dance, têm regresso marcado às edições e às atuações ao vivo com DIONYSUS, nono álbum da banda com lançamento previsto para 2 de novembro. Com esta novidade, foi também anunciada uma digressão mundial, com passagem garantida pela Aula Magna, em Lisboa, nos dias 23 e 24 de maio de 2019.

- Publicidade -

Os Dead Can Dance juntaram-se, pela primeira vez, em 1981, em Melbourne, na Austrália, e deram a conhecer o seu primeiro álbum três anos mais tarde. Fascinados por diferentes vertentes da tradição espiritual e pela história antiga e medieval da Europa, o grupo domina a complexa tarefa de reunir todas estas inspirações num projeto musical de profunda integridade e rara beleza artística. A vertente emocional, que os atraiu para a música, é a mesma que atrai fãs por todo o mundo e que transformou os Dead Can Dance num projeto universal e intemporal.

Depois de se separarem em 1998, a banda voltou a reunir-se em 2005 para uma série de concertos e reapareceu, em 2011, com Anastasis, o último álbum editado.

Em abril deste ano, foi pelo Twitter que Brendan Perry anunciou que os Dead Can Dance foram até aos míticos estúdios Abbey Road para masterizar um novo álbum (DIONYSUS), o segundo desde a reunião de Perry e Lisa Gerrard em 2011.

A banda não toca ao vivo desde o final da tour de 2013. Como dissemos, este regresso a Portugal acontece nos dias 23 e 24 de maio de 2019, sendo que os bilhetes vão estar à venda a partir de dia 7 de setembro, sexta-feira, em bol.pt e locais habituais (CTT, FNAC, El Corte Inglès). O preço dos bilhetes ainda não foi divulgado.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Aldi passa a apostar em lojas de proximidade. A primeira abre em Lisboa esta semana

A partir de agora, não será somente o Meu Super, da Sonae, a abrir lojas de proximidade em Portugal.

Lisboa. Praça de Espanha tem uma zona verde

É maior que o Jardim da Estrela e já pode ser visitada.

Lisboa não avança (para já) no processo de desconfinamento

Porém, a capital portuguesa também não recua, isto é, mantém-se na mesma fase.

Concerto dos Jinjer em Portugal foi adiado

E ainda não há uma nova data.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio de França com furos na estratégia da Mercedes

A Fórmula 1 voltou ao circuito Paul Ricard com a edição de 2021 do Grande Prémio de França e, se durante os treinos e qualificação, ficou a ideia que os Pirelli podiam sair furados novamente, afinal foi a estratégia da Mercedes que saiu feita em pedaços. No fim, quem festejou foi a Red Bull: vitória de Max Verstappen e 3º lugar para Sergio Pérez.

Mais antiga praça de touros de Portugal dará lugar a um centro cultural

O projeto é da Zaratan, uma associação de arte arte sediada em Lisboa.

Rede regional dos Açores vai ter nove novos percursos pedestres

Os municípios e juntas de freguesa têm agora 12 meses para implementar os traçados aprovados.