CTT vendem máscara com capacidade para inativar a COVID-19

As máscaras MOxAdTech são as primeiras a superar com sucesso os testes realizados pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes.

inativar
- Publicidade -

Começámos por avançar esta novidade em abril deste ano. Na altura, os portugueses não ligaram muito a esta máscara reutilizável inovadora a nível mundial, mas a partir do momento em que a comunicação social começou a dar destaque, o assunto voltou a ganhar força.

Falamos das máscaras Adtech, que apresentam características antimicrobianas com eficácia comprovada contra vírus e bactérias, estando a sua tecnologia acreditada a nível internacional.

Desenvolvidas pela Sonae Fashion, através da sua marca de vestuário MO, em parceria com a comunidade científica e industrial, nomeadamente com a fabricante Adalberto, o centro tecnológico CITEVE, o Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa e a Universidade do Minho, estas máscaras são as primeiras a superar com sucesso os testes realizados pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM), fazendo com que tenham a capacidade de inativar o vírus que causa a COVID-19.

Agora, e tendo em conta o atual contexto de pandemia em que vivemos, os CTT estão a comercializar este produto na sua rede de retalho, nas lojas CTT e também na loja online.

Os CTT estão a comercializar estas máscaras com capacidade de inativar o vírus que causa a COVID-19, mesmo após 50 lavagens e com capacidade de retenção de partículas. O tecido, com tecnologia de secagem rápida, tem propriedades antimicrobianas e age como um escudo contra vírus e bactérias (99% de eficácia). Possuem tecnologia anti-odores e tecnologia Ad-tech com várias camadas protetoras que conferem uma eficiência superior e, assim, um maior grau de proteção.

Têm também um tratamento repelente à água que impede a fixação de gotículas contaminadas no tecido. Permitem quatro horas de uso ininterrupto sem degradação da capacidade de retenção de partículas nem da respirabilidade.

Estas máscaras apresentam a certificação OEKO-Tex, sem incorporação de qualquer produto químico nocivo durante o processo de fabrico e é um produto testado e certificado por laboratórios independentes, segundo as normas e regulamentação da EU. São desenhadas e fabricadas em Portugal. Têm um PVP de 10€.

- Publicidade -

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
784SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Uber junta-se à Unilabs para testes de rastreio à COVID-19 no domicílio

Essencialmente, um motorista Uber irá levar um técnico de colheitas devidamente habilitado da Unilabs ao domicílio de um cliente que tenha requisitado o serviço, com equipamento de proteção individual para a recolha da amostra.

Este tapete desinfeta eficazmente os nossos sapatos contra a COVID-19

O Safecarpet está disponível em vários tamanhos, com preços a partir dos 48€.

Autotestes à COVID-19 começam finalmente a ser vendidos

Mas os preços vão variando de local para local.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – Creative Stage V2

Uma barra de som com um subwoffer dedicado que, em conjunto, podem fazer maravilhas para quem tem televisores mais antigos.

McDonald’s e Burger King estão quase a abrir restaurantes na Nazaré

Após não se ter concretizado a abertura no ano passado, 2021 é o ano em que as cadeias de fast food vão chegar à Nazaré.

Tomatino. Setúbal vai receber novo restaurante dedicado às pastas italianas

Vai situar-se no local que, até então, era do Café 3.