CTT vendem máscara com capacidade para inativar a COVID-19

As máscaras MOxAdTech são as primeiras a superar com sucesso os testes realizados pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes.

inativar

Começámos por avançar esta novidade em abril deste ano. Na altura, os portugueses não ligaram muito a esta máscara reutilizável inovadora a nível mundial, mas a partir do momento em que a comunicação social começou a dar destaque, o assunto voltou a ganhar força.

Falamos das máscaras Adtech, que apresentam características antimicrobianas com eficácia comprovada contra vírus e bactérias, estando a sua tecnologia acreditada a nível internacional.

Desenvolvidas pela Sonae Fashion, através da sua marca de vestuário MO, em parceria com a comunidade científica e industrial, nomeadamente com a fabricante Adalberto, o centro tecnológico CITEVE, o Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa e a Universidade do Minho, estas máscaras são as primeiras a superar com sucesso os testes realizados pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM), fazendo com que tenham a capacidade de inativar o vírus que causa a COVID-19.

Agora, e tendo em conta o atual contexto de pandemia em que vivemos, os CTT estão a comercializar este produto na sua rede de retalho, nas lojas CTT e também na loja online.

Os CTT estão a comercializar estas máscaras com capacidade de inativar o vírus que causa a COVID-19, mesmo após 50 lavagens e com capacidade de retenção de partículas. O tecido, com tecnologia de secagem rápida, tem propriedades antimicrobianas e age como um escudo contra vírus e bactérias (99% de eficácia). Possuem tecnologia anti-odores e tecnologia Ad-tech com várias camadas protetoras que conferem uma eficiência superior e, assim, um maior grau de proteção.

Têm também um tratamento repelente à água que impede a fixação de gotículas contaminadas no tecido. Permitem quatro horas de uso ininterrupto sem degradação da capacidade de retenção de partículas nem da respirabilidade.

Estas máscaras apresentam a certificação OEKO-Tex, sem incorporação de qualquer produto químico nocivo durante o processo de fabrico e é um produto testado e certificado por laboratórios independentes, segundo as normas e regulamentação da EU. São desenhadas e fabricadas em Portugal. Têm um PVP de 10€.

Sigam-nos

10,851FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

CTT testam nova bicicleta para uma possível distribuição de correio

Atualmente, a frota de bicicletas elétricas dos CTT conta com 136 unidades ativas nas operações de distribuição.

Hospital de Cascais ganha túnel de desinfeção contra a Covid-19

O objetivo é contribuir para combater o sentimento de insegurança da população devido à infeção pela Covid-19.

Iniciativa Vizinho Amigo está de volta ao ativo

O projeto solidário surgiu em março e, agora, volta a aparecer perante o recente aumento de casos pandémicos.

Açores vão dar voucher de 35€ a quem aterrar no arquipélago com teste negativo à COVID-19

Basicamente, serve de incentivo à realização de testes de despiste ao SARS-CoV-2 prévios ao embarque para os Açores.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Unboxing da PlayStation 5

É real e é gigantesca.

13ª Festa do Cinema Italiano vai ter muitos filmes na Filmin

Os filmes estão disponíveis para aluguer individual a 3,95€ durante uma semana após a data de estreia no festival.

Exclusivo PS5 incluído nas ofertas do PlayStation Plus de novembro

E há ainda outros três jogos da atual geração a ter em conta.