CTT vendem máscara com capacidade para inativar a COVID-19

As máscaras MOxAdTech são as primeiras a superar com sucesso os testes realizados pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes.

inativar
- Publicidade -

Começámos por avançar esta novidade em abril deste ano. Na altura, os portugueses não ligaram muito a esta máscara reutilizável inovadora a nível mundial, mas a partir do momento em que a comunicação social começou a dar destaque, o assunto voltou a ganhar força.

Falamos das máscaras Adtech, que apresentam características antimicrobianas com eficácia comprovada contra vírus e bactérias, estando a sua tecnologia acreditada a nível internacional.

Desenvolvidas pela Sonae Fashion, através da sua marca de vestuário MO, em parceria com a comunidade científica e industrial, nomeadamente com a fabricante Adalberto, o centro tecnológico CITEVE, o Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa e a Universidade do Minho, estas máscaras são as primeiras a superar com sucesso os testes realizados pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM), fazendo com que tenham a capacidade de inativar o vírus que causa a COVID-19.

Agora, e tendo em conta o atual contexto de pandemia em que vivemos, os CTT estão a comercializar este produto na sua rede de retalho, nas lojas CTT e também na loja online.

Os CTT estão a comercializar estas máscaras com capacidade de inativar o vírus que causa a COVID-19, mesmo após 50 lavagens e com capacidade de retenção de partículas. O tecido, com tecnologia de secagem rápida, tem propriedades antimicrobianas e age como um escudo contra vírus e bactérias (99% de eficácia). Possuem tecnologia anti-odores e tecnologia Ad-tech com várias camadas protetoras que conferem uma eficiência superior e, assim, um maior grau de proteção.

Têm também um tratamento repelente à água que impede a fixação de gotículas contaminadas no tecido. Permitem quatro horas de uso ininterrupto sem degradação da capacidade de retenção de partículas nem da respirabilidade.

Estas máscaras apresentam a certificação OEKO-Tex, sem incorporação de qualquer produto químico nocivo durante o processo de fabrico e é um produto testado e certificado por laboratórios independentes, segundo as normas e regulamentação da EU. São desenhadas e fabricadas em Portugal. Têm um PVP de 10€.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Deve-se ou não vacinar os jovens entre os 12 e os 15 anos contra a COVID-19?

Na ótica da Direção-Geral de Saúde, só é recomendável que se vacinem os jovens se eles tiverem comorbilidades associadas, que possam conduzir a uma doença grave ou à morte.

CTT instala novos cacifos em 15 lojas Sonae

Estão espalhados por lojas Continente, Continente Modelo, Continente Bom Dia e note!.

Centro Colombo faz testes gratuitos à COVID-19

O processo está a ser coordenado pelos profissionais de saúde da Farmácia Colombo, que comunica todos os resultados às autoridades competentes.

DGS recomenda realização de testes à COVID-19 em casamentos com mais de 10 pessoas

No caso de eventos de natureza cultural ou desportiva, recomenda-se a testagem sempre que o número de participantes/espectadores seja superior a 1.000, em ambiente aberto, ou superior a 500, em ambiente fechado.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

App NOS TV foi renovada e oferece 10GB de dados móveis por tempo limitado

Daquelas promoções de verão que devem mesmo aproveitar.

Oeiras Parque vai ter uma instalação artística feita a partir do plástico recolhido de uma praia da zona

Através desta instalação artística, o Oeiras Parque pretende associar-se à mensagem da chamada de atenção dos riscos e comportamento humano na preservação do meio ambiente e dos oceanos.

Há uma nova cor refrescante para os comandos da Xbox

Mais um comando para juntar à coleção.