“Coruja para as Artes” é a nova plataforma de apoio à Arte Pública e Urbana em Portugal

Dinamizada pela Super Bock em parceria com a Solid Dogma e um coletivo de nove conceituados artistas portugueses, a plataforma “Coruja para as Artes” vai dar palco à nova geração de artistas nacionais.

- Publicidade -

O projeto já arrancou tendo como foco em dois eixos: a atribuição de um prémio anual para artistas emergentes e um programa que cria condições para manifestações artísticas.

Uma das primeiras manifestações públicas desta plataforma resulta da criação de nove obras inéditas pelo coletivo Coruja, composto por The Caver, Contra, Frame, Glam, Kruella, MAR, Mário Belém, Mosaik e Samina, e podem ser vistas até ao próximo dia 29 de abril, no piso 1 do Time Out Market, assinalando o arranque de uma exposição itinerante para um maior envolvimento com o público que aprecia novas experiências associadas a este movimento artístico. As nove peças individuais são representações únicas daquela ave notívaga, baseadas no traço original de cada um destes artistas.

O lançamento da plataforma marca também a criação de um novo prémio no panorama nacional que iniciou a sua primeira edição no dia 20 de abril. “Coruja para Arte Pública” é um concurso anual que tem como principal objetivo dar palco à nova geração de artistas integrados neste contexto. Entre os benefícios de participar nesta iniciativa encontra-se uma componente monetária no valor de 10.000 €, a distribuir pelos artistas que o júri considerar as três maiores revelações, após avaliar o trabalho de todos os candidatos, nomeadamente obras do seu portefólio que já existam no espaço público, o desenho de uma nova proposta criativa e a conceção da mesma em tempo real. Os vencedores vão ser conhecidos daqui a um ano, coincidindo com a celebração do primeiro ano da plataforma “Coruja para as Artes.”

Recorde-se que este movimento em prol da Arte Pública e Urbana coincide com o lançamento da gama de cervejas especiais Super Bock Coruja em Portugal, através de uma abordagem de comunicação irreverente e inovadora que gerou, numa primeira fase, curiosidade pela descoberta desta nova gama de cervejas, mas sobretudo planeada para reforçar esta ligação ativa da marca ao mundo artístico.

Session Saison, American Amber Lager e India Pale Ale são as três variedades disponíveis, produzidas utilizando a técnica de dry hopping. Surpreendem pelo aroma e sabor, mas igualmente pela imagem forte, com o rótulo das garrafas, assente na força e provocação do olhar da Coruja.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,379FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

Super Bock e Vhils juntam-se para uma cerveja com cariz solidário

Somente 100 garrafas estarão disponíveis para venda.

Super Bock junta-se à Preserve e oferece um mimo aos restaurantes por cada voucher adquirido pelos clientes

Chama-se Bock in Business e vai permitir que os consumidores possam adquirir vouchers de consumo para usufruírem no futuro, quando os pontos de venda voltarem a abrir.

Passatempo da Super Bock vai oferecer bilhetes duplos para todos os jogos da Liga NOS

Tudo acontece na plataforma Super Bock Super Adeptos, na qual cada adepto deve responder a uma pergunta sobre a Liga Portuguesa de Futebol e fazer uma previsão do resultado de um jogo para a atual jornada.

Nova obra de Vhils foi inspirada na Super Bock

Alexandre Farto aka Vhils tem vindo a trabalhar com cimento desde 2014 e, desde então, já adaptou o material...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Clientes Revolut já podem aceder às suas contas através do PC

Está agora disponível uma web app online para clientes.

Behemoth e Arch Enemy dão concertos em Portugal em outubro do próximo ano

Duas das mais aplaudidas bandas do metal extremo contemporâneo: de um lado, um grupo clássico do death metal; do outro, um dos projetos emergentes mais interessantes dos últimos anos.