Como investir em 2021: Perspetivas e tendência do mercado de ações durante a pandemia

Vamos relembrar 2020 como o ano que virou o mundo de pernas para o ar.

- Publicidade -

Quando, em março desse ano, o mundo emergiu na primeira onda da pandemia, os mercados de ações colapsaram. Comparado com o início de 2020, o índice S&P 500 perdeu 30% em termos de preço, enquando o preço do WTI caiu para valores negativos. O índice Dow Jones caiu em 10%, o que correspondeu à maior queda desde a Segunda-feira Negra em 1987. O argumento da Rússia e da Arábia Saudita sobre a questão do petróleo coincidiu com a propagação do coronavírus e com o declínio subsequente dos preços das ações. Juntos, esses fatores deram origem aos maiores stresses económicos da história.

Para apoiar as economias dos países em desenvolvimento, foi tomada uma decisão para aumentar a liquidez do mercado, de forma artificial, pela Facilitação Quantitativa, o que significa que a máquina de impressão começou a imprimir dinheiro, ao mesmo ritmo que o coronavírus estava a propagar-se. O montante total das notas emitidas em 2020 ascende a 9 triliões de USD, o que perfaz 25% da oferta de moeda USD. Para além de compensar as perdas de trusts, as principais empresas e as despesas com os cuidados de saúde, este dinheiro foi dado diretamente aos cidadãos dos EUA. Consequentemente, os mercados começaram a recuperar gradualmente.

Em 2021, vamos ter de resolver os problemas de 2020. O ano passado alterou a abordagem dos investidores em relação ao dinheiro e fizeram com que eles revissem as suas táticas de investimento em ações. Ao longo dos últimos cinco meses, os movimentos acentuados do ativo fizeram com que os jogadores do mercado pensassem duas vezes sobre o local onde investir o seu capital e por quanto tempo. Agora, com a pandemia a ir embora, temos de rever as perspetivas e as tendências atuais do mercado. Então, onde é que devemos investir o dinheiro com a crise do coronavírus a não ter terminado ainda?

O que é que vai acontecer no mercado de ações?

Os investidores deverão redobrar os seus cuidados em relação ao mercado de ações nas circunstâncias atuais. O perigo é sobrevalorizar as ações que aumentaram excessivamente no ano passado. O mercado de ações dos EUA “reforça” as principais bolhas – lembrem-se que as ações, por exemplo da Zoom ou da Tesla, dispararam em milhares por cento durante a pandemia. Elon Musk até admitiu, de forma aberta, no Twitter, que as ações da sua empresa não custam mais de 700 USD, após alguns investidores se terem sentido insultados e processado o homem de negócios.

Hoje, as ações da Zoom e da Tesla já estão a corrigir-se, mas existem mais bolhas. Por exemplo, no início de 2021, as ações das empresas especializadas em energia solar começaram a sofrer um crescimento notável. No início de janeiro, as ações da SunPower cresceram em 20%; no fim do mês, elas cresceram de 24 para 54 USD. As ações sofreram essa alta até março e depois sofreram uma correção acentuada. No dia 30 de março de 2020, elas custavam 29 USD. Esse crescimento impressionante e declínio igualmente impressionante constituem sinais fiáveis de um ativo sobrevalorizado.

As lições da rebelião de um hamster pela WallStreetBets

A segunda peculiaridade do mercado de ações moderno é que o acesso à negociação de títulos é mais simples para os investidores privados. Isto foi proporcionado por plataformas como a Robinhood, que já ficaram conhecidas com a história da WallStreetBets. Em janeiro de 2021, os membros desta união na plataforma Reddit começaram a comprar ações, de forma massiva, de uma rede de lojas de jogos, quase em insolvência, como a GameShop, prejudicando consideravelmente os fundos de cobertura (como a Citron Research que contribuiu para a insolvência da GameShop e pouco contribuiu para as suas ações). Consequentemente, todas as circunstâncias fizeram com que as ações da empresa aumentassem de 19 para 500 USD cada.

Alguns vão perguntar: e então? Um grupo de entusiastas decidiu salvar uma loja moribunda da devastação completa… Isso seria verdade se, no início de fevereiro, os hamsters da Reddit não tivessem aplicado as suas táticas à prata, o que fez com que uma onça do metal aumentasse em 12% e atingisse 30 USD. Nenhum fundo de cobertura está protegido da intervenção dos investidores provados “da Reddit” e quem é que sabe que ações é que eles vão considerar desvalorizar da próxima vez? Os eventos provocados pelos hamsters WSB mostraram que as manipulações do mercado estão agora disponíveis não só para os grandes intervenientes, mas também para o investidor comum. Isto faz com que tenham que redobrar os vossos cuidados relativamente à negociação no mercado de ações, especialmente se estão a participar nessas coisas “pum-and-dump”. A curto prazo, isto poderá dar lugar a um bom lucro, mas como estratégia de negociação holística, isto é inútil: o risco de fazer uma compra fictícia, a um preço cósmico, é demasiado alto.

Como investir em 2021?

Ainda não sabemos como é que o caos do coronavírus terminará. De momento as coisas estão parecidas à situação cripto em 2017, em que as pessoas ficaram loucas com certos ativos que cresceram em 1000% ao longo de uma semana, mas depois sofreram um declínio igualmente rápido. Existem algumas dúvidas de que o show continuará – o 46.ª Presidente dos Estados Unidos da América Joe Biden já está a imprimir mais 1.9 triliões de USD para injetar na economia.

A principal tarefa de cada investidor do mercado é encontrar ações que tenham verdadeiras razões para crescer, não apenas um estímulo artificial. Os especialistas dizem que o pico da crise ainda não chegou e que o mais provável é que vamos testemunhar uma queda drástica, mas não de recuperação tão rápida e fácil como a do ano passado.

Deverão, definitivamente, investir em ativos que não caiam muito ao longo da pandemia e tenham alguma margem de segurança, de modo a ultrapassar a crise que vem aí. Antes de mais nada, a alimentação a retalho: as pessoas vão sempre precisar de comida e têm o hábito de armazená-la (todos nós conhecemos a história do papel higiénico). Aqueles que seguem a estratégia Buy&Hold (Comprar e Guardar) poderão virar-se para a indústria farmacêutica: as empresas desta área almejam sempre ganhar dinheiro com a situação complicada do vírus e estão a analisar de perto os novos tipos que venham a surgir.

As empresas de IT, por sua vez, poderão protegê-los das perdas: durante a pandemia, elas não só evitaram as quedas, como também assumiram o controlo. As suas ações são caras, mas é óbvio que o futuro será o digital e o trabalho “a partir de casa”, o que corresponde ao desenvolvimento das tecnologias eletrónicas. As ações das empresas de IT continuarão a crescer: aqui, é necessário saber como encontrar as startups mais promissoras.

Resumindo

Vivemos tempos difíceis, mas interessantes. Os eventos de 2020 alteraram, significativamente, toda a sociedade, incluindo a economia, obviamente. Em junho de 2021, mais de um ano após o início da pandemia, o mundo ainda não conseguiu acabar com os confinamentos, as medidas frequentes e absurdas “anti-coronavírus” e todo o pânico geral.

Os investidores deverão ser muito cautelosos relativamente a tudo o que está à sua volta. A primeira coisa sobre a qual devem decidir é a tolerância ao risco. Com base nisto, vão escolher a vossa estratégia e construir o vosso portfólio. Sejam prudente, não se deixem tentar pelas ações inflacionadas e interpretem os eventos de forma correta. Projetando-as para o mercado de ações, chegarão às conclusões certas que vos ajudarão a investir com riscos mínimos e máxima eficácia. Lembrem-se sempre que são pessoas responsáveis em relação aos vossos investimentos, mesmo quando confiam a gestão a terceiros.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Festival de Francesinhas chega ao Seixal pela primeira vez

De carro, de barco, de comboio, de bicicleta... Todos os caminhos vão dar ao Seixal entre os dias 4 e 14 de novembro.

Governo vai reduzir o imposto sobre os combustíveis

E vai também fazer uma monitorização permanente da evolução dos preços.

Passatempo O Último Duelo – Temos 10 convites duplos para as antestreias em Lisboa e Matosinhos

O Último Duelo chega aos cinemas nacionais a 28 de outubro.