Como escapar aos números começados por 707

por Echo Boomer

Pode-se dizer que é um flagelo. Muitas empresas e instituições têm, por norma, um número de contacto começado por 707 para que os clientes possam ligar a esclarecer as suas dúvidas. Ora, o problema é que estes números são pagos, pelo que é bem fácil que uma pessoa se distraia ao telefone (ou que esteja em linha de espera a ouvir música sem fim) e acabe a pagar uma despesa considerável. Mas sabiam que existe forma de dar a volta a isto?

707.PT – Digam adeus às linhas de valor acrescentado

Para já, referir que a existência dos números 707 é totalmente legal. E até surgiu devido a um bom motivo: existiam pessoas que, por se encontrarem fora de uma determinada zona, pagavam mais que outros clientes para ligarem para uma empresa. Assim, criaram-se os 707, números nacionais com o mesmo custo para qualquer cidadão.

No entanto, a existência destes números não faz sentido hoje em dia, uma vez que a maioria das pessoas têm tarifários onde se incluem chamadas grátis para todos os números fixos. Claro, como seria de esperar, aqui não se incluem nem os números 707 nem os 708, que são pagos à parte.

Tendo isto em conta, a ANACOM decidiu baixar os preços destes números, com as reduções a variarem entre os 10% e os 48%, consoante as chamadas sejam feita por telefones ou telemóveis.



Não obstante, existem imensos casos em que as empresas dão como contacto principal os números começados por 707, o que não deixa de ser ridículo. Sabendo disto, a ANACOM quer obrigar as empresas a, depois do Verão, colocarem os números 707 como última opção nas suas páginas de contactos, ao invés de surgirem como contacto principal.

Portanto, qual a melhor opção? Fácil, usar a 707.pt, uma página na Internet que tem uma base de dados com todos os números conhecidos que qualquer pessoa pode utilizar em alternativa aos tão odiados 707.

É muito fácil utilizar esta página. Basta que insiram o nome da entidade onde diz “Pesquisar entidades ou números” e pesquisarem. Claro, nem sempre irá funcionar, até porque algumas empresas detetam se ligamos para o número da rede fixa, ao invés do 707, e, nesse caso, desligam logo a chamada, o que não deixa de ser uma total falta de consideração pelos clientes. Aí, não há nada como reclamar.

Os responsáveis do 707.pt pedem ainda ajuda aos internautas para que, caso conheçam uma alternativa a um número 707 (ou de valor acrescentado), lhes enviem essa informação para que possam inserir na base de dados e ajudar toda a gente.

Já sabem, numa próxima, antes de ligarem para um número 707, pesquisem na Internet. Pode poupar-vos alguns euros ao final do mês.

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: