Como comprar um bom portátil para jogos

- Publicidade -

Muitas pessoas querem jogar aqueles jogos mais exigentes sem problemas, mas não sabem quais são os requisitos que um portátil precisa de ter para não ter quaisquer dificuldades a correr esses títulos. Bom, vamos dissipar essa dúvida.

O crescimento exponencial da venda dos jogos online, além da perceção da intensificação de acesso nas plataformas de casino online, como por exemplo o Vulkan Vegas casino, fez com que muitas empresas compreendessem a necessidade de criar portáteis orientados não só para trabalhar, mas também para lazer, tendo sido desenhados também a pensar no gaming.

Ora, apesar de muitas pessoas gostarem de jogar videojogos em portáteis, muitas vezes não possuem o equipamento ideal para isso. Alguns recursos, por exemplo, são essenciais para aqueles que querem comprar portáteis pensados para esse finalidade.

Requisitos necessários para quem gosta de jogar num portátil

Em primeiro lugar, é necessário entender que existem muitas plataformas online que oferecem títulos mais básicos. É o caso dos casinos online, onde não é preciso uma grande qualidade, uma vez que os requisitos para o funcionamento desses jogos não são tão específicos.

Uma plataforma online que oferece jogos de casino foca-se, normalmente, na viabilidade dos jogos, ou seja, para que diversos tipos de utilizadores possam aceder àquele jogo através de smartphones, tablets e computadores.

Por esse motivo, esses jogos costumam ser mais leves, logo um portátil básico conseguirá satisfazer nesses casos.

Já os utilizadores que querem aproveitar jogos mais exigentes irão precisar de alguns requisitos mais específicos, tudo para que o jogo não quebre e para que a qualidade apresentada não desiluda.

Memória

Os portáteis possuem duas memórias, mas, neste caso, vamos falar principalmente da memória RAM. É um tipo de memória que serve para acessos, ou seja, quando um utilizador quer aceder a alguma coisa, essa ação passa sempre pela memória RAM.

O mínimo recomendável é que, hoje em dia, um portátil possua pelo menos 8GB de memória RAM, de modo a que o jogador consiga aceder a vários ficheiros ao mesmo tempo. No entanto, devem seriamente considerar um mínimo de 16GB de RAM.

A memória RAM é aquela que vai dar agilidade ao computador nos seus processos, dando velocidade no funcionamento do sistema como um todo.

Processador

Todos dizem a mesma coisa, mas o processador é, efetivamente, o cérebro do portátil. É preciso comprar um portátil com um processador atual, para que as funções consigam ser desempenhadas sem problemas.

É que, cada vez que fazem alguma coisa, os utilizadores estão a enviar uma solicitação para o processador, que por sua vez reencaminha para o setor adequado. Dito isto, um processador veloz é uma das chaves principais para quem quer utilizar programas mais pesados, como jogos.

Placa gráfica

A placa gráfica é daqueles componentes que, por norma, os jogadores mais prestam atenção quando falam em adquirir um portátil para jogar. Contudo, é preciso ter noção de que nada adianta um portátil ter uma potente placa gráfica se não estiver bem apetrechado de outros componentes, como um bom processador e memória RAM em quantidade suficientes.

Basicamente, a placa gráfica garante o processamento de imagens, ou seja, a maneira como vemos uma foto, vídeo ou outro conteúdo multimédia no ecrã.

Para aqueles que procuram um portátil para jogos, uma placa gráfica com um mínimo de 6GB de VRAM é indispensável hoje em dia, principalmente quando se fala de jogos mais pesados. Naturalmente, caso queiram jogar tudo na máxima definição, terão de apontar para uma placa gráfica com 12GB de VRAM.

Temperatura

Muitas pessoas não prestam atenção a este ponto, mas é bem importante. Quando jogam, os utilizadores estão a colocar os seus computadores a níveis máximos de utilização, pelo que é normal que haja um aquecimento dos componentes, que começam a gerar mais calor. Isto para dizer que os portáteis mais potentes vão, naturalmente, aquecer mais que outros equipamentos básicos.

As altas temperaturas podem trazer danos irreparáveis aos aparelhos e, por isso, é fundamental verificar as saídas de ar. As ventoinhas, ou coolers, devem ser de boa qualidade e devem ser suficientes para dissipar o calor causado ao jogar.

Caso as ventoinhas não consigam fazer essa dissipação, é possível que o portátil desligue automaticamente ao atingir determinada temperatura, além de que várias peças podem ficar danificadas no processo.

Encontrar portáteis pensados para utilizadores que querem aproveitar jogos pesados não é difícil, até porque é possível conseguir certos modelos a ótimos preços. Aqueles que querem divertir-se com jogos graficamente mais exigentes terão de investir um pouco mais, e de facto é algo que pode valer a pena, já que o tempo útil de vida de um portátil varia entre 4 a 6 anos, dependendo obviamente do uso e da qualidade do material.

Comprar marcas com boa reputação, fazer pesquisas e prestar atenção às funcionalidades são algumas das recomendações principais para aqueles que querem fazer esse investimento. Não vale a pena comprarem um portátil extremamente barato e que não possua boas especificações, pois esse equipamento tende a ter uma vida útil menor, além de não permitir jogar aqueles jogos que tanto querem.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes