Nova cerveja da Nortada junta o sabor clássico da Amber Ale com o melhor do café português

Fica disponível já esta semana.

Coffee Break
- Publicidade -

Quem conhece a Nortada, sabe que a cervejeira é bastante regular no que toca ao lançamento de novas cervejas artesanais. Agora, eis que surge uma variedade que parece improvável, mas que na verdade tem tudo para funcionar.

Trata-se da Coffee Break, uma cerveja refrescante, com notas clássicas de caramelo, toffee, amadeirado e um toque especial de café. No fundo, trata-se de uma cerveja que junta o sabor clássico da Amber Ale com o melhor do café português, neste caso da marca Torrié.

Na Coffee Break, para além das quatro matérias-primas base (água, malte, lúpulo e levedura), foram recirculados grãos de café puros direitamente na cerveja, de forma a extrair todo o seu aroma. Para alcançar a fórmula perfeita, foram realizados vários testes e provas dos diferentes cafés, com diferentes torras e intensidades. Esta é uma cerveja fácil de beber, que contém cafeína e entre 4,2% Álc. por volume.

O lançamento desta edição especial, que une as duas marcas do Norte do país, acontece já no próximo dia 8 de maio, ficando imediatamente disponível na loja online da Nortada e, seguidamente, nos canais de venda tradicionais.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

A nova bebida em garrafa da Mercadona junta cerveja… e groselha

A Tango é uma novidade no mercado, dentro da categoria das cervejas, e surgiu a partir do Modelo de Coinovação da empresa.

Delta The Coffee House Experience. Aqui convida-se a sentir o café

Existem dois espaços no país: um em Lisboa e outro no Porto.

A nova cerveja da Lagunitas é perfeita para beber a qualquer hora do dia

Uma IPA – India Pale Ale... que se bebe como uma Lager.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Há um novo restaurante Burger King em Alcochete

É o primeiro na zona e o 10º no distrito de Setúbal.

Serviços públicos essenciais obrigados a ter linhas telefónicas gratuitas

As empresas têm agora até ao próximo dia 1 de novembro para fazer cumprir este decreto-lei.