Cinema Fernando Lopes reabre a 5 de outubro

- Publicidade -

A Cinetoscópio é a empresa responsável pela programação do Cinema Fernando Lopes.

A mais recente sala de cinema de Lisboa reabre a 5 de outubro com uma programação de estreias e mostras exclusivas e de grande impacto para o exigente público da capital.

Com uma programação eclética e diferenciadora, o Cinema Fernando Lopes pretende dar ao seu público uma seleção alternativa de filmes que complementa a oferta cinematográfica da cidade e que, no contexto de enorme mutuação do mercado, pretende estar aberto às novas realidades e parceiros, assegurando que filmes de interesse incontornável possam continuar a ser vistos no grande ecrã.

Atendendo à localização estratégica deste cinema – no interior da Universidade Lusófona -, será feita em simultâneo uma seleção de filmes e iniciativas dedicadas ao público jovem e universitário, alinhada com a missão de criar conteúdo relevante que capte o interesse e fomente hábitos de idas ao cinema deste segmento de público, que terá também acesso a bilhetes de preço reduzido.

O que há de novo?

Para garantir uma programação única, a Cinetoscópio, empresa responsável pela programação do Cinema Fernando Lopes, estabeleceu parcerias estratégicas com distribuidoras e produtoras nacionais, bem como com festivais de referência, que serão a fonte dos conteúdos tendencialmente exclusivos que serão exibidos neste cinema.

Destas parcerias, destaca-se pela importância que terá nos meses que se seguem após a reabertura, a parceria fechada com a CINEMA BOLD, projeto paralelo da Alambique Filmes, detentora de um invejável catálogo de filmes que exploram os limites de todas as convenções e que proporciona aos espetadores portugueses o acesso regular ao mais arrojado e pertinente jovem cinema independente.

Também já a partir de outubro haverá uma sessão mensal de curtas-metragens com curadoria exclusiva da Agência da Curta Metragem, onde será possível (re)descobrir o melhor da produção nacional e internacional.

Explorando as fronteiras das novas realidades da distribuição cinematográfica, serão pontualmente realizadas estreias em simultâneo e em parceria com a plataforma Filmin, disponibilizando aos espetadores a possibilidade de ver no cinema filmes de relevante interesse.

Na premissa desta reabertura está também o compromisso de apostar na exibição de Cinema português, pretendendo esta sala de cinema dar o devido espaço de programação a jovens talentos e filmes mais radicais e inusitados, anunciando-se já a estreia a 20 de outubro de CHELAS NHA KAU (Bataclan 1950, Bagabaga Studios). Mais títulos serão anunciados em breve.

O Cinema Fernando Lopes continuará a dar espaço às sessões especiais dos alunos da Universidade Lusófona, bem como a ser a casa que alberga a programação do Cineclube de Alvalade.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes