Cidade Benfica. Rui Costa quer construir uma espécie de Silicon Valley do clube

Um projeto largamente ambicioso, que pode nem passar de um sonho, mas que tem tudo para avançar.

- Publicidade -

A noite da passada quarta-feira, dia 12 de janeiro, foi uma das mais importantes para os adeptos e simpatizantes do Sport Lisboa e Benfica. Após a saída do mediático treinador Jorge Jesus, de resultados negativos contra os rivais e de uma série de notícias que surgiram na comunicação social relacionadas com processos e escutas, o ex-jogador e atual presidente Rui Costa falou a todos os benfiquistas, três meses após ter sido eleito, numa entrevista exclusiva no canal do clube, a BTV, para esclarecer outro e estes assuntos.

Passando à frente das polémicas, algo que salta à vista é a ambição que Rui Costa tem para com o clube. A ambição é tanta que uma das promessas eleitorais passava pela criação de um Centro de Alto Rendimento, mas que, afinal, será muito maior que isso:

“Foi uma promessa eleitoral, vou cumprir. Ando aqui a esconder, mas vou levantar um pouco o véu. O que estamos a procurar ainda não está concluído, mas é uma necessidade extrema do Clube, porque temos várias equipas a treinar por todo o lado, sem casa própria e isso, como Benfiquista, não me agrada. Criar um Centro de Alto Rendimento é um projeto do passado, mas quis alargá-lo para albergar o râguebi, o projeto olímpico… O que estamos a tentar finalizar é algo muito maior do que isso, um espaço maior do que tínhamos inicialmente pensado para albergar o Benfica inteiro. Um espaço em que todo o Benfica esteja junto, com exceção do Estádio. Deixa de ser o Centro de Alto Rendimento para ser a Cidade Benfica. Já estamos a tentar finalizar e é um projeto único no mundo. Finalizando esse projeto não haverá Benfiquista nenhum que não sinta orgulho na Cidade Benfica.”

Portanto, esta Cidade Benfica será uma espécie de Silicon Valley do clube. Nota-se que é um sonho de Rui Costa, sim, mas que tem pernas para andar.

De acordo com o Record, a Cidade Benfica nascerá na margem norte do Tejo, nos arredores de Lisboa, numa zona com bons acessos rodoviários. O objetivo, lá está, é concentrar todas as modalidades num mega complexo desportivo, algo que fará com que os encarnados evitem pagar o aluguer de cerca de 60 espaços diferentes para os treinos das diferentes equipas.

Esta é uma ideia totalmente contrário ao que pretendia o ex-presidente Luís Filipe Vieira, cuja ambição era de expandir o complexo desportivo do Seixal, onde previa construir um hotel, um colégio e até um lar para antigos jogadores.

Cidade Benfica
Possível localização da Cidade Benfica

No fórum Ser Benfiquista, onde circula esta e outras imagens, há também quem diga que o sítio escolhido “deverão ser os antigos terrenos prometidos para a casa das seleções e que por entre avanços e recuos nunca se concretizaram, em Almargem do Bispo”.

Na mesma entrevista, o presidente das águias fez ainda questão de referir que estão pensadas algumas renovações no estádio. Primeiro no interior, só depois no exterior.

“Esta promessa não é como Presidente do Benfica, mas como Benfiquista. O nosso Estádio é dos mais lindos, mas precisa de alguma renovação interior e exterior, e vamos começar com a interior. Garantidamente, no início da próxima temporada, já vão encontrar os ecrãs novos, os leds à volta dos anéis e as luzes em led novas. Permite outra atmosfera no Estádio. O que está ainda em discussão, e espero ainda conseguir ter nessa mesma altura, são as cadeiras e o sistema de som. As três primeiras já estão garantidas, através de orçamentos, para o início da próxima temporada; nas outras duas – som e cadeiras – estamos a fazer o esforço para que sejam mudadas no início da próxima temporada. Mas se não conseguirmos, serão mudadas até ao fim do ano de 2022. As modificações do exterior do Estádio estão a ser pensadas, mas uma coisa de cada vez. Não podemos fazer tudo em simultâneo. Tudo aquilo que sejam obras no interior, exterior ou a Cidade Benfica serão custos importantes, mas nada disso vai interferir nos plantéis do Benfica. A prioridade será sempre a vertente desportiva, não quero desviar-me disso.”

Resta-nos dar um último destaque: a partir de agora, os jogos das modalidades estão abertos gratuitamente a todos os sócios.

Toda a entrevista pode ser revista, na íntegra, aqui.

- Publicidade -

1 Comentário

  1. Vasco Sousa. Sócio REDPASS 74182.
    O engrandecimento do nosso querido Benfica é sempre bem vindo. Mas, e o que fazer com o Benfica Campus no Seixal, o qual é já o melhor de Portugal e até há pouco tempo considerado o melhor da Europa? Gastamos ali muitos milhôes de euros em infraestruturas de top e agora já não servem?
    Uma cidade desportiva em Lisboa, para englobar tudo, com excepção do estádio, terá de ser forçosamente melhor e mais ampla que a do Seixal.
    Já há terreno em estudo, custo e onde?
    Se estamos perante uma doação, maravilha! Agora estou a ser lírico! É que os terrenos em Lisboa estão ultra inflacionados.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Há novos jogos e aventuras à espera no Xbox Game Pass

Hitman a triplicar e Rainbow Six a dobrar na segunda vaga de jogos do mês.

Sonae Campus transforma-se num laboratório dedicado à sustentabilidade e eficiência de edifícios e comunidades

Projeto PROBONO envolve 47 parceiros de 15 países e pretende fomentar espaços sustentáveis de referência para o futuro, sendo um localizado em Portugal.

Moon Knight, a próxima série da Marvel, recebe trailer

Oscar Isaac apresenta-se formalmente aos fãs.