Obras do novo Intermarché em Torres Novas fizeram demolir as chaminés históricas do local

- Publicidade -

Trata-se, no entanto, de um erro, pois as duas chaminés faziam parte do projeto da obra em curso.

Por esta altura, muitos torrejanos já saberão que começaram há dias as obras para a construção de um novo Intermarché na cidade. Nesse terreno, existem (ou melhor, existiam) duas chaminés que simbolizavam historicamente a existência naquele espaço da antiga Fábrica António Alves.

Ora, a obra para a construção do novo supermercado foi aprovada uma vez que incluía as duas chaminés, dado o seu simbolismo histórico. Mas as chaminés acabaram mesmo por ser demolidas.

Perante esta situação, a Câmara Municipal de Torres Novas contactou de imediato o dono da obra, que esclareceu que a demolição das duas chaminés ocorreu por “motivos de falta de sustentabilidade e eventual perigosidade futura”, de acordo com um comunicado emitido pelo município.

No entanto, e de acordo com a câmara, foi assumi verbalmente pelo dono da obra “que irá, dentro do tecnicamente possível, repor com segurança, a simbologia histórica que ali existia e cumprir com o projeto aprovado”.

“O município irá fazer cumprir esta obrigação processual, face ao projeto previamente aprovado e de imediato irá analisar técnica e juridicamente as consequências derivadas desta inesperada e socialmente chocante demolição”, lê-se ainda no comunicado assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Torres Novas Pedro, Paulo Ramos Ferreira.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes