CD Projekt revela novos projetos incluindo a sequela de Cyberpunk 2077

- Publicidade -

O infame jogo da CDPR vai ter uma continuação.

É oficial. Cyberpunk 2077 vai ter uma sequela.

O infame jogo da CD Projekt RED, que em 2020 teve um lançamento desastroso, mas que recentemente viu uma segunda oportunidade graças a melhorias de atualizações e a uma incrível adaptação em Anime para a Netflix, com Cyberpunk: Edgerunners, tem agora uma sequela confirmada, de acordo com a apresentação de estratégia a longo termo lançada hoje.

Segundo a CD Projekt, o jogo, para já com o nome de código Orion, será uma sequela, que promete “provar o futuro potencial do universo Cyberpunk” originalmente criado por Mike Pondsmith, com o RPG de tabuleiro Cyberpunk The Roleplaying Game of the Dark Future, no qual Cyberpunk 2077 se baseia.

Pouco mais se sabe sobre este projeto, que está numa fase embrionária, enquanto o estúdio continua a desenvolver conteúdo para Cyberpunk 2077, nomeadamente o recém-anunciado DLC Phantom Liberty, com lançamento planeado para 2023 no PC, PlayStation 5 e Xbox Series X|S.

Na apresentação da CD Projekt conhecemos também detalhes sobre outros projetos. Por exemplo, o seu universo The Witcher vai contar com mais cinco jogos! O projeto Sirius, do estúdio The Molasses Flood, que se categoriza como uma nova história para uma nova audiência; o projeto Canis Majoris, um novo RPG de mundo aberto no mesmo universo desenvolvido por um estúdio externo; e o já conhecido Project Polaris, constituído por três jogos, lançados ao longo de seis anos, que promete ser a sequela de The Witcher 3: Wild Hunt e que irá tirar partido do potencial do Unreal Engine 5.

Na sequência de anúncios, a CD Projekt revela que, para além de The Witcher e de Cyberpunk, a produtora tem um terceiro IP em desenvolvimento, com o nome de código Hadar.

Todos estes novos projetos encontram-se em fase muito inicial de desenvolvimento, o que significa que estamos a anos de os ver concretizados, com um ou outro potencialmente só numa nova geração de consolas.

Venham quando vierem, tudo o que esperamos é que não encontrem o mesmo desfecho de Cyberpunk 2077, porque segundas oportunidades rapidamente se esgotam.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes