O novo relógio da CASIO celebra 40 anos da Esquadra 751 da Força Aérea

Visitar o museu do ar deveria passar a ser passeio obrigatório para todas as famílias. Desde o primeiro avião de todos, que nos dá frio na barriga só de olhar para ele e imaginar, passando pelo primeiro avião da TAP, até às primeiras máquinas da guerra do ultramar. É fascinante ver o percurso da nossa aviação e conhecer melhor a história. Foi assim que começou a nossa visita, em que o objetivo era ficar a saber mais sobre a Esquadra 751 da Força Área, que faz 40 anos de serviço, e, por isso, foi presenteada com um Casio G-Shock.

- Publicidade -

Esta parceria começou há cerca de dois anos e o relógio G-Shock tornou-se um instrumento fundamental nas vidas dos 100 homens que formam a equipa de busca e salvamento da Esquadra 751. Para estes homens, em todas as missões, cada minuto conta, e o tempo tem que ser um aliado, daí o facto de um relógio resistente, preciso e com características fundamentais para ambientes adversos ser essencial.

Os PUMAS, como são conhecidos, têm como lema “Para que os outros vivam”. Já executaram mais de 56.800 horas de voo e foram salvas mais de 3678 vidas. E este ano é o ano da Casio prestar homenagem com 40 exemplares G-Shock Esquadra 751.

Cada exemplar é composto pelo G-Shock Rangeman, da série Master of G, que terá na bracelete uma gravação alusiva aos 40 anos da Esquadra 751. Este relógio conta com um Triple Sensor para medir o rumo da bússola, a pressão/altitude atmosférica e a temperatura, com base no conceito de “Survival Toughness.” É capaz de navegar por GPS – uma estreia num relógio G-SHOCK. O relógio recolhe dados de localização de satélites GPS para exibir a localização atual numa rota para um destino, em tempo real. E tem memória para guardar dados de rastreamento, incluindo longitude/latitude, altitude e temperatura.

O GPR-B1000 possui dois sistemas wireless de carregamento solar. As funções do GPS são utilizáveis até 33 horas com uma carga wireless de cerca de cinco horas. Mesmo que o nível da bateria fique abaixo do que é necessário para utilizar o GPS, enquanto estiver ao ar livre, o carregamento solar pode ser usado para retomar as funções do GPS por um tempo limitado. A exibição da hora é mantida sempre em funcionamento usando o carregamento solar, independentemente do status das funções do GPS. É resistente à poeira e à lama e a bracelete é em fibra de carbono.

Com todas estas características, o G-Shock só poderia ser o escolhido pela Esquadra 751, contribuindo para que seja ainda mais precisa, rigorosa e eficaz.

Texto de: Mafalda Fidalgo

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Concerto dos Iron Maiden em Portugal adiado para 2022

Uma consequência do adiamento da tour Legacy of the Beast, reagendada para o próximo ano.

Russ de regresso a Portugal em 2022

O rapper norte-americano vai atuar na Altice Arena, em Lisboa.

Oficial: Fórmula 1 regressa a Portugal este ano

Novamente no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

The Weeknd anuncia data extra para Portugal

Isto após o primeiro concerto ter esgotado num ápice.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

South Music. Faro recebe evento que junta músicos da região e profissionais da indústria

O South Music é uma iniciativa da Câmara Municipal de Faro, Teatro Municipal de Faro e Faro2027, relevante no processo de candidatura de Faro a Capital Europeia da Cultura, que tem procurado capacitar os agentes culturais.

Festa do Avante! promete uma “grande edição” para este ano

A Festa do Avante! foi dos poucos eventos com programação musical a realizar-se em Portugal no ano passado.