Casa da Comida lança cabaz de comida para quem vai de férias

No fundo, o objetivo é ter comida para todos os dias, mas sem existir aquela preocupação de confecionar as refeições.

Casa da Comida
- Publicidade -

A Casa da Comida é um daqueles estabelecimentos que, apesar de tudo, esteve em funcionamento durante o período de confinamento. Tendo como atividade principal o catering e organização de eventos, o espaço esteve no ativo durante a quarentena, nomeadamente através da nova modalidade de entregas de refeições para famílias ou empresas.

Mais recentemente, e isto já no início do mês passado, o restaurante Estórias na Casa da Comida voltou a abrir portas, apresentando um novo conceito e oferta.

Agora, e numa altura em que muitos portugueses já só pensam em aproveitar os dias quentes longe de casa, eis que surge uma novidade por parte do estabelecimento: um cabaz de férias.

Este é um cabaz especial para quem quer aproveitar ao máximo as suas férias sem a preocupação de confecionar as refeições para a família.

Na verdade, existem três tipos de cabazes: de sete dias para duas pessoas (155€), sete dias para quatro pessoas (300€) e 14 dias para quatro pessoas (575€).

Além dos pratos da lista (são fornecidas refeições congeladas em embalagens de doses duplas), garrafas de vinho e sobremesa, a Casa da Comida oferece ainda embalagens de gelado caseiro e salame de chocolate. São várias as opções de pratos disponíveis, sendo que a escolha está limitada ao stock existente à data do pedido.

No que toca às entregas, são feitas de segunda-feira a sábado na região de Lisboa, Amadora, Oeiras e Cascais. As encomendas devem ser feitas com 24 horas de antecedência.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Bolt Food chega ao Porto na próxima semana

Os portuenses vão ter uma nova plataforma de delivery para encomendar refeições.

Meu Super abre lojas em Odemira e Lordelo do Ouro

Existem cada vez mais lojas de proximidade Meu Super espalhadas pelo país.

Setúbal, Palmela e Sesimbra vão ter perto de 300 postos de carregamento para veículos elétricos

É o que prevê o Plano de Mobilidade Elétrica da Arrábida para os próximos 10 anos.