Carris Metropolitana. Já se pode conhecer as novas linhas e os preços dos bilhetes

O site foi atualizado e já é possível pesquisar por número de linha atual, operador, município e, claro, novas linhas. Há uma nova numeração e, também, novas cores.

- Publicidade -

Está para breve, muito breve, uma revolução no transporte rodoviário da Área Metropolitana de Lisboa. Sim, falamos da Carris Metropolitana, que entra em funcionamento já a 1 de junho em alguns municípios.

O investimento de cerca de 1,2 mil milhões de euros realizado com a operação da Carris Metropolitana permitirá aumentar o serviço de transporte rodoviário em cerca de 35%, que se traduzirá em mais carreiras, mais percursos e circulações, autocarros mais modernos, mais eficientes e ambientalmente mais sustentáveis, e mais qualidade no serviço prestado.

rede de serviço de autocarros, desenhada pela Área Metropolitana de Lisboa em conjunto com os 18 municípios, será composta por 820 linhas rodoviárias, que servirão aproximadamente 2,8 milhões de potenciais utilizadores, passando o serviço a pertencer à marca única e integradora Carris Metropolitana.

Carris Metropolitana - Rede

Serão mais de 1500 autocarros, a maior parte destes novos que fará com que a idade média da frota a circular nesta operação seja inferior a um ano, autocarros com maior fiabilidade, segurança, conforto (com wi-fi, adaptados a mobilidade reduzida, entre outros), mais amigos do ambiente, que proporcionarão a realização de mais carreiras e mais percursos.

As melhorias a implementar terão ainda em consideração uma integração tecnológica e um planeamento e ajustamento do serviço às necessidades existentes, a promoção da pontualidade, regularidade, confiabilidade do sistema e uma maior simplificação das redes e serviços a prestar.

A sustentabilidade ambiental será promovida, através da renovação e qualificação da frota, com uma diminuição da idade média dos autocarros de 15 anos para menos de um ano e a inclusão de uma cota de veículos não poluentes e energeticamente eficientes, com medidas de eco-condução, condução económica, segura e confortável.

Em relação a datas, a nova marca entra em funcionamento já a 1 de junho, mas não em todos os municípios. Nessa data, a operação arranca nos municípios da área 4, que diz respeito aos municípios de Alcochete, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal.

Esta área terá 154 linhas, 74 delas com oferta reforçada e 30 absolutamente novas. A frota é composta por 230 autocarros, sendo que existirão seis modelos diferentes a circular diariamente das 4h30 às 1h59. Vai ficar 90% igual e 10% mais prático, o que significa que, mesmo com linhas mais rápidas e mais próximas, a maioria das paragens irá manter a sua localização.

Novas áreas, nova numeração

Ora, e como estamos cada vez mais perto da data que marca oficialmente o arranque em funcionamento da Carris Metropolitana, é natural que, ao longo do tempo, surjam novidades. Recentemente, o site foi atualizado com um Conversor de Linhas, sendo já possível conhecer os novos números dos novos autocarros que irão apanhar em breve.

Agora, podem pesquisar por “linha por Operador”, onde podem atualmente escolher as opções Rodoviária do Tejo e Transportes Sul do Tejo e ter noção da nova linha correspondente à atual; podem pesquisar por “linha por Município” e, ainda, ter acesso às “novas linhas por Município”.

Carris Metropolitana - Numeração das linhas

Algo muito importante referir é que, passando a existir uma única marca a unir todos os municípios, isto veio criar a necessidade de uma reformulação completa no sistema de numeração das carreiras.

Assim, e para tornar mais intuitiva a compreensão da rede de linhas que liga toda a área metropolitana de Lisboa, os autocarros irão circular com quatro algarismos, sendo que o primeiro é representativo da área de atuação, ao passo que os restantes variam consoante tratar-se de uma carreira municipal, intermunicipal ou interregional.

Por exemplo, esta será a numeração da área 4, que engloba Alcochete, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal:

  • 40XX – Circulam em Alcochete
  • 41XX – Circulam na Moita
  • 42XX – Circulam no Montijo
  • 43XX – Circulam em Palmela
  • 44XX – Circulam em Setúbal
  • 45XX – Circulam entre municípios da Área 4
  • 46XX – Circulam para outros municípios fora da área 4 e Barreiro
  • 47XX – Circulam para Lisboa e para outros municípios
  • 49XX – Circulam para fora da área metropolitana de Lisboa

Atenção que, no Barreiro, mantêm-se em funcionamento os TCB, assim como a respetiva numeração, assegurando a Carris Metropolitana a maior parte das ligações com os restantes municípios da área metropolitana de Lisboa.

Atenção às cores das linhas

Carris Metropolitana - Cores autocarros/carreiras

É mesmo isso que leram. Além da nova numeração, cada carreira terá também uma cor associada à linha em questão, seja Local (também conhecida como Linha Próxima), Urbana (também conhecida como Linha Longa), Rápida, InterRegional, Praia ou Turística.

Então e os bilhetes?

Bom, de mais de 900 títulos, passamos apenas para três tarifas planas (Local, Urbana e Rápida) e duas tipologias de tarifa (zapping/unidades de transporte e tarifa de bordo).

Carris Metropolitana - Bilhetes/tarifário

Ou seja, terão o Navegante pré-pago, com tarifa plana zapping por etapa de viagem, sendo, lá está, pré-carregado com saldo que é depois descontado em cada viagem; e o navegante bordo, com uma tarifa plana de bordo por etapa de viagem, e cujo valor será mais elevado, tudo para incentivar que se perca cada vez menos tempo a comprar bilhetes a bordo.

No que toca a preços, são os seguintes:

  • Navegante Pré-Pago – Linha Local (0,85€/viagem); Linha Urbana (1,55€/viagem); Linha Rápida (3,10€/viagem)
  • Navegante Bordo – Linha Local (1,25€/viagem); Linha Urbana (2,60€/viagem); Linha Rápida (4,50€/viagem); Linha interregional (2,60€ + 1€ caso o passageiro saia da AML)

Já os passes navegante continuam ao mesmo preço: Municipal por 30€/mês e Metropolitano por 40€/mês. Os descontos anteriormente existentes mantêm-se.

A partir de 1 de julho, a Carris Metropolitana entra em funcionamento nas restantes áreas: 1 (Amadora, Cascais, Lisboa, Oeiras e Sintra), 2 (Loures, Mafra, Odivelas e Vila Franca de Xira) e 3 (Almada, Seixal e Sesimbra).

- Publicidade -

67 Comentários

  1. E a horrível e única alternativa para Casal de Cambra via Colégio Militar (carreira da Vimeca 132) que passa a vida a falhar não havendo outra alternativa para as pessoas. Será que vai ser criada mais uma carreira em Casal de Cambra que passe perto de Queluz 4 Caminhos para as pessoas não terem de passar a vida a chamar Uber ou táxis

  2. Bom dia.
    Já é possível saber se o Ponto de Recolha de passageiros na Várzea, carreiro Setúbal/Oriente, se mantêm, ou o inicio do percurso passará a ser junto à Estação CP?

  3. Das três carreiras que circulam pelo interior dos bairros do Pendão (25, 130 e 131), apenas procuram responder a deslocações circulares internas no espaço urbano da freguesia a servir (carreiras circulares que iniciam e terminam no mesmo local) e não a deslocações pendulares do tipo casa/trabalho/casa (carreiras intermunicipais ou mesmo municipais), terminando as suas circulações demasiado cedo. Isto significa que com ausências de circulações mais cedo (especialmente aos dias não úteis) ou mais tarde, na generalidade os passageiros são obrigados a percorrer distâncias, entre a estação ferroviária ou o centro de Queluz (onde existe maior oferta de carreiras) e o Pendão (Bairro do Alto dos Moinhos ou Quinta do Mirante) e no sentido contrário também, de e para os seus empregos, sujeitas às condições meteorológicas adversas e aos assaltos, tendo em conta que as carreiras sempre foram deficientes em certos horários.
    Nesse contexto, nunca foi realizado nenhum estudo da monitorização da procura, que permitisse identificar as efetivas necessidades de mobilidade e soluções com o objetivo de incrementar os níveis de serviço prestado ou seja, os horários praticados pela Vimeca em vigor não são acompanhados de perto, para identificação de situações que careçam de tomada de medidas corretivas, contextualizadas com a disponibilidade dos recursos humanos e materiais existentes.

  4. Boa tarde,
    Relativamente a carreira 754, deixa de ir para sete rios e vai até ao fogueteiro…
    Deixa de haver carreiras diretas de Azeitão para Lisboa????
    Afinal vamos ficar ainda pior!!!!

  5. Bom dia
    Estou muito contente por começar a passar em Vila franca de Xira, apesar de morar no carregado que está um pouco esquecido de transportes.
    Mas vai dar muito jeito .. Lisboa/Vila franca de Xira

  6. O engraçado é que os autocarros supostamente “novos” já com novas cores mas sem o símbolo e com novos assentos que no verão são quentes têm pelo menos duas particularidades que me levam a perguntar se são novos conforme anunciam ou se será para enganar a “malta” 1ª pneus carecas não percebo 2ª matricula sem data do fabrico (não deveria ter o ano da construção) pois isto leve-me a crer que anunciam novos mas são velhos somos sempre enganados quem beneficiará com isto?

  7. Boa noite. Torres Vedras ambientalmente esquecida. Tanta gente a trabalhar em Lisboa. Obrigada a trazer carro por nao ter outra alternativa. Ambientalmente um grande foco de poluição. A melhor opção sao camionetas antigas, que poluem com certeza. Comboio nao há. Ou seja o que há além de não ter horario útil, não vai para Lisboa. Em relação às camionetas além de ser um foco de poluição têm uns degraus tão altos que até a mim me custa subir e descer. Inacreditável, inaceitável. Por favor virem se para a zona oeste. Uma vergonha em falta de mobilidade. Obrigada

  8. É uma vergonha. Os TCB como funcionam bem (bem mal, muito mal) vão continuar a operar. Mau funcionamento quer a nível de urbanidade dos motoristas, quer a nível de horários das carreiras, A carreira 9 e 16 que é a mesma (só depende da hora) e faz a ligação à estação da Fertagus Coina é uma vergonha com espaçamento de mais de 1hora entre carreiras. Só servem a 3ª idade para andarem a passear em sessões continuas. Para o Municipio do Barreiro só contam os Munícipes urbanos. Apesar de pagar os meus impostos, IMI, não tenho direito a transportes regulares para ligação à Fertaguns, nem ao município do Barreiro apesar de estar bem próximo da estação, mas demasiado longe para fazer o percurso a pé

    • Relativamente à continuação operação dos TCB, tem a mesma razão que a Carris e a mobi Cascais tem para continuar a aoperar, sendo que servem respetivamente a cidade de Lisboa e Cascais, todas elas são municipalizadas!! Logo não entram na integração desta carris metropolitana, onde deixam foi dividida a concessão de 4 lotes, por 4 operadores privados, pois existiam imensos e muitos deles não se interligavam, nem tinham bilhéticas semelhantes. Por outro lado concordo completamente com o facto das carreiras mencionadas não servirem bem a população que pretende ir para Coina apanhar o comboio da fertagus. Contudo, com esta implementação, os TCB tb se comprometeram com algumas alterações, nomeadamente a criação de novas carreiras que irão ligar o Barreiro aos demais concelhos próximos, como Seixal, Almada e Sesimbra. Portanto acredito que tb possam potenciar outras carreiras. Já agora, não tenho a certeza, mas as carreiras 6 e 10 tb vão para a estação de Coina, não sei se dão jeito

  9. Espero que monte Abraão seja abrangido. Estamos com problemas de transportes. 105 e 24 não cumprem horários, e todos os dias falhas. Os moradores estão saturados com tantas falhas.

  10. Boa tarde.Espero que olhem pelo monte Abraão. So temos duas carreiras,o 105 e o 24 que esta deploravel.Ê mais vezes que andamos a pé. Porque simplesmente nao fazem alguns horarios das carreiras Muita população mais velha,muita criança, muita gente que trabalha e esta senpre nos nervos nas passagens a ver se vem uma camioneta.Esperamos melhorias.

  11. Espero k com está renovação Monte-Abraãoseja tb abrangido pois existem.2 carreiras a 24 e a 105 k sobem da estação da CP de Monte Abraão para cima propriamente Monte Abraão, k nestes últimos anos não respeitam horários e não fazem simplesmente as carreiras ,de manhã antes das 8 h desço sp a pé ha tarde já cheguei a espera 3 horas para conseguir um autocarro para subir ao Monte Abraão, como vão ficar os passes ?eu pago 31:85 € para circular entre Monte Abraão e a Cruz Quebrada somente na Lt e vimeca k passe vou comprar?

  12. Será desta que vamos ter autocarro de ligação à Lisboa(333) com maior frequência e até mais tarde? Com tanta gente a trabalhar em Lisboa autocarros de hora a hora ou de duas em duas horas é pouco muito pouco. Carreiras até às 22.45 não servem quem sai às 23.00 ou 24.00. E ja agora lembrar que há muita gente a trabalhar ao fim de semana e feriados e precisa dos autocarros para lisboa.

  13. Queremos Carreira Rodoviária 205 (Pontinha/Senhor Roubado).
    Carreira Alternativa para Odivelas.
    Tem que ser alternativo só fins de semana e feriados, porquê?
    Não direitos de ir ao Odivelas nos dias de semana, porquê?
    Não é justo.
    Favor nos ajudar nesses sentido.
    Rodoviária serviços naquela zona não presta.
    Carris é mais certinho. Rodoviária não presta. Sempre atrasado.

  14. Carreias de Rodoviárias 205 Pontiha para Senhor Roubado é um Pestes.
    Não faz sentido ter rodoviária porque não presta paraa nada.
    Não cumpram horários vai sempre com atrasos.
    Rodoviárias é uma misérias.
    Pagamos passe só para ir obrigatoriamente para Senhor Roubado? Também não temos direito de para Odivelas? Tem que ser só fim nos Semanas e Feriados? Porquê? Não entendo…
    Autocarros Alternativos faz sentido naquela zona onde circular 205.
    Temos um disparates de Alternativos só fins de semanas e feriados onde 205 passa ser 905, que disparates é essa? Temos que ir á força para Senhor Roubado. Não podemos ter um autocarro Alternativos para Odivelas?

  15. Bom dia
    As carreiras de Sesimbra tanto para Lisboa (207) como para Cacilhas (ou estação Foros da Amora) (203) vão acabar? Não estão identificadas em nenhum dos concelhos.
    Obrigada desde já.

    • Não apareceram ainda identificadas por que não circulam no lote 4… essas circulam apenas no lote 3! Logo quando sair informação do lote 3, logo se saberá. Sinceramente a 207, que irá mudar de número, deverá continuar a fazer serviço, esperar para ver se continuará a ir até Lisboa. e a 203 , que tb irá mudar de número, tb acredito que continue a existir.

  16. Por favor, olhem para a zona de Monte Abraão!!!
    O 24 e o 105 estão cada vez mais deprimentes. Além de poucos horários disponíveis, muitas das vezes simplesmente não aparecem. E sendo uma zona de subida, é imprescindível uma melhora de serviços nesta zona .

    Interessante também, seria alguma carreira que saísse da estação do Cacém para a zona de cima do Monte Abraão, não apenas para as estações de Queluz e de próprio Monte Abraão.

  17. São Marcos, concelho de Sintra, precisa de transportes rápidos, entre São Marcos e paço de arcos e oeiras e também Sintra para o alegro que não há.
    Muita população a trabalhar em Lisboa. Que utiliza o comboio diariamente, os transportes que há em São Marcos, demoram uma eternidade até chegar às estações de comboios falo linha Cascais. Dá voltas e mais voltas. Uma viagem que podia ser feita em 10 minutos leva 40m e por vezes mais. Cada vez mais os horários dos trabalhos são até muito tarde, como também incluindo, domingos e feriados . Vamos ver se São Marcos vai ter a sorte de ser beneficiada nesta rede de transportes.

  18. Já estou a ver alguns autocarros já pintados com as novas cores mas os pneus continuam carecas, por dentro devem ter sido renovados será GATO por lebre

  19. A empresa carris tem algum autocarro dos pequenos pra oferecer ou mesmo vender ao clube futebol Trafaria visto que o clube atravessa problemas financeiros e tem muitos jovens adolescentes a praticarem desporto ou tem que ser os familiares a leva los quando os jogos são fora

  20. Bom dia e autocarros pra a costa da Caparica e trafaria e Trafaria pra a costa da Caparica sim pertence arriva mas é de lamentar que sejam por hora somente dois autocarros e tem períodos que é de hora a hora e terminam muito cedo como fazem os trabalhadores que saem do trabalhos às 00 : 00 , aguardo resposta da parte da empresa carris . muitíssimo obrigado

  21. Trabalho em alfragide e moro em Odivelas, apenas existe um autocarro que passa lá, que mudanças estão a ser efetuadas a esse nivel. É uma zona onde existe muitas empresas mas a nivel de transportes é precário para quem não tem viatura própria.

  22. Estação da CP Mira Sintra/Melecas para Oeiras e de Estação da CP Mira Sintra/Melecas para o Marques de Pombal é que era bem pensado.

    • Pelo que foi reportado há uns meses pela câmara de Sesimbra, acho que vai ser criada essa carreira. Tanto para Coina, como para outra estação de comboios, não me lembro se é para o Fogueteiro ou Corroios. E acho que vão criar de Alfarim para Coina tb. Mas só mais par a frente se terá certeza dessas carreiras, quando sair a informação.

    • Do que vi muito dos autocarros que vão sair de Setúbal para fora da cidade, começaram a sair do ITS (interface de transporte de Setubal) que fica ao lado da estação de comboios de Setúbal. Pelo menos partiram daí, não se sabe os percursos ainda

  23. Boa noite
    Temos muito poucos horários e autocarros de são marcos para o Cacém, vimeca serve muito mal os seus clientes, autocarros velhos , a entrarem água quando chove , pelo tecto, varias vezes avariam, do Cacém para são marcos ja tive 2 horas a espera por um transporte, e não apareceu…. precisamos de mais horários e os motoristas
    a comprir os horários, sentimos muitas dificuldades para deslocar , para fora de são marcos.
    esperamos que resolvam o problema mais rapido possível

  24. A carreira 191 de Vale de Milhaços apenas temos uma e infelizmente com horários péssimos
    Como irá ficar?
    Sobre o terminal graças a Deus Já sei que vai até Cacilhas como antigamente
    Agradeço uma resposta
    Obrigado

    • Após as informações que sairam até agora nada indica isso, mas esperar quando sair as informações do lote 3, onde se enquadra Cacilhas. Há data de hoje o único que liga Setubal a Cacilhas é o 783, em nada foi referido que esse teve passagem para a Carris Metropolitana. Mas esperar para ver.

  25. Para quando está previsto para a zona de Porto alto/Samora correia, visto que há poucas carreiras além disso são muito caras as viagens tem a vantagem de ligar a vila franca de Xira obrigado.

  26. Quando está previsto carreiras para a zona de Porto alto/Samora correia, porque aqui estamos mal servidos de transporte é caro e há poucas carreiras, esta zona faz ligação com Vila franca de Xira. Obrigado

    • Esta notícia refere-se à Carris Metropolitana que atua apenas na AML, poderá é que na altura de sair informação do Lote 2, lote onde integra Vila Franca de Xira, exista porventura autocarros a fazer ligação a Samora Correia/Porto Alto, o que faria todo o sentido. Tal como já aconteceu no Lote 4 onde está confirmado que vao ser eftuadas viagens para fora da AML, como é o caso de Vendas Novas e Lardeira (CIM Alentejo Central).
      Por isso, diria que existem boas expectativas para isso!

      Mas é preciso aguardar por essa informação

  27. ETorres Vedras quando é que o passe será 40 euros. Será que não tem os mesmos direitos que os outros municípios

    • Neste momento o passe metropolitano (40 euros), está consignado apenas aquilo que é a Área Metropolitana de Lisboa, há data de hoje Torres Vedras, inexplicavelmemte, não se encontra nesta area geográfica, logo nao pode beneficiar desse serviço. Contudo, poderia ser feita uma revisão ou da aplicabilidade do passe ou da delimitação da área geográfica. Porque no que toca a delimitacões geográficas o mesmo devia ser revisto, tendo em conta aquilo que são os fundos, porque por exemplo existem muitos municipios que estão na AML e recebem menos fundos europeus por isso, mas por outro lado faz sentido estarem por medidas como esta.

      Depois deste debate, e caso fosse integrado Torres Vedras nesta delimitação geográfica, e outros demais municípios, teris de se voltar a unimificar os meios de transporte para haver uniformidade.

      Nao esquecendo que aos dias de hoje Torres Vedras faz parte da Comunidade Intermunicipal do Oeste.

  28. Empresa Pior que a Vimeca não existe!
    Espero que alguns profissionais respeitem os passageiros nos passageiros! Respeito é multuo.
    Não podemos generalizar mas as condições de trabalho são das piores infelizmente a necessidade faz com que alguns profissionais enfrentem essa situação, veículos velhos, sujos e cheio de baratas…

    Enfim Renovação, capacitação profissional, direção defensiva, melhores condições de trabalho e segurança para ambos! Já…

  29. Por favor, olhem para a freguesia de SÃO MARCOS. Aqui, somos mal tratados de transportes, existe um verdadeiro descaso em relação aos autocarros daqui.

    • Existem pelo menos uma ou duas carreiras que vão partir de Palmela com direção a Penalva (do que se vê no site), diria que passam na Quinta do Anjo. e diria que passam também na estação de comboios de Penalva, mas só quando sair mais informação se irá perceber

    • Só quando sair informação do Lote 3 (lote que contém Almada) é que se irá perceber, é aguardar informação. Mas diria que essa se mantém, sinceramente.

      • E a carreira 161 vai prolongar o horário? É que não se entende acabar tao cedo, sinceramente, quando a carreira 153 acaba mais tarde. Fazia mais sentido orlongar o horário desta, uma vez que também passa, e para na oraca de espanha.

    • Só quando sair informação relativamente a esse lote, é que saberá. Neste momento só sabe informação sobre o lote 4, pois vai ser o primeiro a entrar em funcionamento, mas em breve saber-se-à mais.

  30. Ainda não percebi isto. a Carris vai substituir a Scotturb no concelho de Sintra? É isso? Se for isso, graças a Deus porque a Scotturb é a pior empresa de autocarros do pais.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Carris Metropolitana entra em funcionamento em junho em Alcochete, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal

Só um mês depois, em julho, é que os restantes municípios recebem os novos autocarros.

Marca Carris Metropolitana é lançada a 1 de abril

Os novíssimos autocarros entram em circulação a partir de junho.

Autocarros da Carris Metropolitana entram em funcionamento em junho e julho

E há agora um website em versão beta com mais informação sobre a empresa e os trabalhos que está a desenvolver.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Música – Álbuns essenciais (abril 2022)

Abril foi um mês cheio de triunfos musicais no formato de álbum, deixo-vos uma análise a 12, mais a sugestão de outros sete.

God of War Ragnarok em 2022? O novo jogo já foi avaliado na Coreia

Só falta mesmo a PlayStation confirmar se é este ano ou não.