Carris Metropolitana entrou finalmente em funcionamento, ainda que com alguns constrangimentos

- Publicidade -

Recorde-se que, por enquanto, o serviço só está a funcionar na Área 4.

Finalmente. Após meses a falar-se da Carris Metropolitana, foi neste primeiro dia de junho que a nova marca começou a funcionar.

Como já devem saber, a Carris Metropolitana começou a sua operação na Área 4, que diz respeito aos municípios de Alcochete, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal.

Esta área tem 154 linhas, 74 delas com oferta reforçada e 30 absolutamente novas. A frota é composta por 230 autocarros, sendo que existem seis modelos diferentes a circular diariamente das 4h30 às 1h59. Mesmo com linhas mais rápidas e mais próximas, a maioria das paragens mantém a sua localização.

Há novidades na numeração, nas cores das linhas e nos percursos, sendo que devem consultar os horários para que não se confundam. Mas como seria de esperar, nem tudo está a correr bem neste primeiro dia de operação da Carris Metropolitana.

Já depois de termos referido anteriormente a dificuldade em contratar motoristas e de saber que nem tudo estaria a funcionar como é suposto no dia de arranque, chegam agora relatos que confirmam isso mesmo.

De acordo com a Câmara Municipal da Moita, sentiram-se alguns constrangimentos na manhã de hoje, como a falta de postaletes nas paragens, o número de autocarros insuficientes para a quantidade de utentes e ainda, a loja do navegante que não se encontra totalmente operacional. Estes problemas já terão sido reportados à Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML).

Já em Alcochete, várias pessoas nas redes sociais relatam que não só alguns autocarros não realizaram percursos como seria de esperar, como muitos utentes, que estavam nas paragens, não conseguiram apanhar o autocarro que os levaria ao destino.

Quanto à cidade de Setúbal, o destaque vai para a entrada em funcionamento (finalmente!) do novo Interface de Transportes de Setúbal, equipamento intermodal localizado na Praça do Brasil, destinado a agilizar a utilização de transportes ferroviários e rodoviários, a par de veículos de modos suaves, como são os casos de trotinetas e bicicletas partilhadas elétricas. Recorde-se que este terminal foi “inaugurado” no ano passado, antes de Maria das Dores Meira, agora ex-presidente do município, ter deixado o cargo.

O concelho de Setúbal tem uma frota de 135 veículos, completamente novos, muitos deles amigos do ambiente, movidos a gás ou a eletricidade, e com elevados padrões de conforto para os passageiros, que servem 89 linhas, 53 delas com oferta reforçada e 18 absolutamente novas.

Foto de: Câmara Municipal de Setúbal

- Publicidade -
- Publicidade -

3 Comentários

  1. Nova carreira 4725 (ex 561 – Setúbal- Lisboa via ponte 25 de abril): Não consegui lugar na carreira das 8h a saír de Setúbal. Surpreendeu-me o facto de em plena hora de ponta surgir um autocarro das urbanas, com pouca lotação de lugares sentados, seguramente menos de 30, e grandes áreas para viajar de pé, o que não é permitido por lei em viagens interurbanas, consideradas de longo curso, como é o caso. Estas viagens são normalmente asseguradas por autocarros de turismo, os chamados “autopuliman” (pelo menos com a TST era assim) que para além de assegurarem o conforto adequado a percorrer 40 Kms, garantem a necessária segurança. A continuar Assim, estamos mal TML… muito mal.

  2. 1a vez a utilizar o serviço depois da saida da TST
    Paragens sem indicação de linha, horário não foi respeitado, o Site da carris metropolitana é muito dificil de navegar, e dá informações incorretas, a secção dos horarios é quase impossivel de compreender. Enfim mais de um ano após a adjudicação em concurso e não conseguiram fazer nada bem a tempo e horas. Os transportes da TST estavam improprios para transportar passageiros, mas ao menos compriam na maioria das vezes os horários e havia informações corretas

  3. Sim tudo muito bonito no entanto estao se a esquecer das pessoas que vão para Lisboa os autocarros são pequenos e vão tirar o autocarro que parte de Lisboa há 1h da manhã que bonito as pessoas que saírem há 00h00 ficam a dormir em Lisboa uma vergonha total TST mil vezes melhor

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Moovit já tem informações das linhas e paragens da Carris Metropolitana

Uma excelente novidade, mas que ainda assim não faz esquecer o pequeno desastre que tem sido o serviço da Carris Metropolitana.

Carris Metropolitana. Rescisão de contrato com operadores não está fora de hipótese

Porém, o objetivo principal passa mesmo por melhor o serviço a curto prazo.

Carris Metropolitana recruta em Cabo Verde para colmatar falta de motoristas

E entrarão ao serviço já nos próximos meses.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

4ª temporada de You ganha data de estreia e é dividida em duas partes

Não foi especificada a quantidade de episódios de cada parte.

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.