A Canon EOS M50 é a primeira câmara mirrorless da marca com vídeo 4K

A Canon apresentou a nova EOS M50, o mais recente membro da família EOS M e a mais intuitiva e tecnologicamente avançada câmara mirrorless da Canon até à data. Criada para os aventureiros modernos, a EOS M50 é a primeira mirrorless da Canon com vídeo 4K, ecrã tátil de ângulo variável e o seu mais recente processador de imagem, o DIGIC 8.

Além da conetividade Bluetooth e Wi-Fi , o sensor CMOS APS-C de 24.1 megapixéis da câmara cria imagens nítidas de elevada resolução com fundos desfocados suaves, mesmo em ambientes de baixa luminosidade. Graças ao disparo contínuo de 10 frames por segundo (fps), é possível captar momentos mais espontâneos com um belíssimo detalhe.

A Canon EOS M50 apresenta a qualidade DSLR num corpo compacto e elegante que se adapta a qualquer aventura. Para um sistema de focagem automática super-rápido e ágil, a velocidade do Dual Pixel CMOS AF da câmara permite aos fotógrafos captar imagens de elevada resolução e vídeo em Full HD com controlo sobre a profundidade de campo. O aspeto cinematográfico alcançado pelo sensor CMOS APS-C de 24.1 Megapixéis também atinge um novo patamar com captação de vídeo em 4K, algo que não existia numa mirrorless da marca até agora.

O design ousado e contemporâneo da EOS M50 dá um toque moderno à experiência fotográfica tradicional, graças ao seu grande visor eletrónico. Os utilizadores podem explorar ângulos fotográficos criativos, tirar melhores selfies e gravar vlogs com mais facilidade graças ao ecrã sensível ao toque de ângulo variável com 7.5 cm de diagonal, que permite escolher múltiplos enquadramentos para melhorar qualquer narrativa. As capacidades melhoradas do ecrã sensível ao toque permitem usar, agora, a função Touch and Drag AF, possibilitando o ajuste instintivo da moldura de autofoco sem deixar de espreitar pelo visor.

A EOS M50 incorpora o mais recente processador de imagem da Canon, o DIGIC 8, o primeiro numa câmara Canon. O novo processador possibilita várias funções da câmara como gravação 4K, timelapse em 4K e captação de ecrãs em 4K de vídeos 4K, disparo contínuo veloz e um ISO máximo de 25,600, que permite obter imagens nítidas mesmo em pouca luz. O DIGIC 8 também suporta um amplo leque de melhoramentos na focagem automática, Auto Lighting Optimiser, Digital Lens Optimiser e Highlight Tone Priority, para obtenção de imagens de elevada qualidade prontas para serem partilhadas diretamente a partir da câmara.

A EOS M50 é a primeira câmara a incluir o novo formato CR3 14-bit RAW, bem como a nova opção C-RAW, que cria ficheiros RAW com a máxima resolução, embora os grave reduzindo aproximadamente 30% a 40% do tamanho dos ficheiros RAW convencionais.

A Canon EOS M50 liga-se facilmente a dispositivos inteligentes através da app Canon Camera Connect para iOS e Android. A ligação Bluetooth constante e de baixo consumo permite ‘acordar’ e controlar a câmara remotamente e facilita a mudança para Wi-Fi, para fotografar em Live View e transferir imagens.

Para fotos de grupo, vlogs e ângulos criativos, os utilizadores podem controlar a sua EOS M50 em modo Remote Live View através da app Canon Camera Connect, podendo alterar as definições e pré-visualizar as imagens no smartphone.

A EOS M50 é ainda compatível com a gama de objetivas compactas EF-M, permitindo aos utilizadores criar o seu sistema de eleição. Para ainda mais opções de escolha, é também compatível com as objetivas EF e EF-S da Canon através do adaptador de baioneta, Mount Adapter EF-EOS M. Esta possibilidade estende-se também à fotografia com flash, graças a uma sapata de flash compatível com qualquer modelo Speedlite da Canon. A entrada para microfone de 3.5mm permite ligar um microfone, como o Directional Stereo Microphone DM-E1 da Canon.

A Canon EOS M50 já pode ser pré-encomendada na loja online da Canon a partir de 749,99€. Estará disponível para venda no final de março de 2018.


 

- Publicidade -

Sigam-nos

10,468FansCurti
4,048SeguidoresSeguir
535SeguidoresSeguir

Relacionados

Depois do Irista, Canon apresenta novo serviço de armazenamento na cloud

Lembram-se quando existia o serviço Irista, a cloud de armazenamento da Canon? Pois bem, é algo que não existe desde o passado dia 1 de fevereiro. Aquando do anúncio, a marca referia querer focar-se em investir nas tecnologias e serviços de imagem, como por exemplo o Canon image Gateway e o Canon Camera Connect.

Patapon 2 salta da PSP para a PS4 em deliciosos 4K

A sequela do aclamado rogo rítmico da PlayStation Portátil está de volta numa remasterização deliciosa para os fãs das altas resoluções.

Têm fotos no Irista da Canon? Cuidado, o serviço vai encerrar

E já a 31 de janeiro de 2020, o que significa que já falta pouco tempo. Portanto, se têm muitas imagens guardadas no serviço de fotografias na cloud Irista, da Canon, o melhor é começarem a fazer download e arranjarem outra cloud onde possam colocar as vossos fotos.

Dying Light 2 recebe um longo vídeo de jogabilidade em 4K

Dying Light 2, a sequela do jogo produzido pela Techland que misturava elementos de sobrevivência com...
- Publicidade -

Mais Recentes

Bilhetes para a Festa do Avante! já estão à venda

A chamada EP (Entrada Permanente) dá acesso aos três dias de festa. Os bilhetes diários só poderão ser adquiridos nos próprios dias da realização do evento.

Burger Wheels. Nova hamburgueria de Setúbal inaugura a 9 de junho

Para já irá funcionar somente através do Uber Eats. No futuro, quando a pandemia de COVID-19 acalmar, o espaço irá abrir ao público.

Crítica – I May Destroy You (Temporada 1)

A HBO está prestes a lançar mais uma série moderna e explosiva que decompõe na perfeição uma temática sensível: o "consentimento sexual".