Lembram-se do Candy Crush? Rende mais que Fortnite e que Pokémon GO

por Echo Boomer

Fortnite pode ser um dos jogos mais populares do momento e Pokémon GO pode ter sido aquele fenómeno que até pôs as nossas avós curiosas com os jogos de telemóvel. Mas é o popular Candy Crush que se revela o campeão de 2018, como um dos jogos móveis mais rentáveis da atualidade.

Segundo uma aplicação de estimativas da Sensor Tower, a série Candy Crush, que inclui vários jogos, terminou o ano com mais de 1.5 mil milhões de dólares gastos pelos jogadores. São quase 4.2 milhões de dólares por dia. Desse total, 63% (cerca de 945 milhões de dólares) foi gasto no jogo principal, Candy Crush Saga, o mais antigo, e, por estas estatísticas, o mais popular.

A receita da série Candy Crush apresenta valores das vendas das versões Android e iOS, representando um crescimento de 6.5% no ano passado comparativamente a 2017.

Estes números são também surpreendentes quando os colocamos lado a lado com outras duas febres no mercado dos jogos móveis.

A mesma ferramenta, a Sensor Tower, revela que Fornite Mobile terminou o ano em grande com 455 milhões de dólares, contabilizados apenas pela Apple Store (uma vez que Fortnite para Android não está disponível na Google Play Store). Em média, os jogadores gastaram cerca de 1.6 milhões de dólares no jogo.

Já o popular Pokémon Go, apesar de não ter sido tão forte, viu um crescimento de receitas na ordem dos 35% face a 2017 ao atingir aproximadamente 795 milhões de dólares, com os jogadores a gastarem uma média de 2.2 milhões por dia.

Este crescimento deve-se não só ao constante suporte e atualizações do jogo, mas pode também ter sido afetado (no bom sentido) pelo lançamento de Pokémon Let’s Go para a Nintendo Switch.

Se havia dúvidas que os jogos móveis não rendem nada, estes dados provam o contrário, mas, mais interessante, é saber que Candy Crush ainda está aqui para a curvas.

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: