Campo Pequeno passa a ter Sagres no nome

- Publicidade -

E assim “nasce” o Sagres Campo Pequeno.

Situado no coração de Lisboa, o Campo Pequeno é um edifício emblemático da cidade desde 1892, com uma arquitetura ímpar de estilo neo-árabe. Classificado pela Direcção-Geral do Património Cultural como Imóvel de Interesse Público, é um dos ex-libris da capital pelo seu valor cultural e emocional.

Concluído o processo de restauro e requalificação (2000-2006) que, respeitando as suas características originais, o transformou num edifício moderno do ponto de vista funcional, reabriu ao público em maio de 2006. Mantém a sua atividade tauromáquica, mas é agora um espaço multiusos para espectáculos e eventos e foi dotado com outras áreas: restaurantes com esplanada, um museu, um parque de estacionamento subterrâneo e um centro comercial com uma área de restauração, um supermercado, oito salas de cinema e acesso direto ao metropolitano.

Mas isto já se sabia. A novidade é que, a partir de agora, o Campo Pequeno ganha um outro nome, graças ao naming da Sagres. E assim “nasce” o Sagres Campo Pequeno.

A Cerveja Sagres passa agora a ser a principal parceira na concretização da nova era do Campo Pequeno que, pela mão do seu gestor Álvaro Covões, conta hoje com uma ambição e visão renovadas – trazer maior dinamismo e relevância a este carismático espaço e a toda a zona envolvente ao longo de todo o ano. A partir desta data, o Sagres Campo Pequeno passa a ter visibilidade no exterior e interior do edifício, bem como em todos os materiais de comunicação.

Para este ano, o Sagres Campo Pequeno conta com uma programação com grandes nomes nacionais e internacionais, como Chico Buarque, Jorge Palma, Pixies, Bárbara Tinoco, Jamie Cullum, Bárbara Bandeira, Yes, Diogo Bataguas, Jim Jefferies ou o musical Cats, entre outros.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes