fbpx

Caminhos do Ferro 2018 já tem datas e programação

O CAMINHOS é um programa cultural em rede que acontece em treze municípios do Médio Tejo: Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei
e Vila Nova da Barquinha.

Cofinanciado pela União Europeia (PT2020 e CENTRO2020), o projeto surge novamente em 2018, apresentando-se anualmente em três momentos programáticos que se unem pelas redes viárias da região. De 13 a 15 de abril e de 20 a 22 do mesmo mês, o programa acompanha as linhas ferroviárias através do Caminhos do Ferro; Em julho, de 13 a 15 e de 19 a 22, segue os cursos dos rios ao ritmo do Caminhos da Água, e, em outubro, de 12 a 14 e de 18 a 21 percorre as estradas para assistir ao Caminhos da Pedra.

Toda a programação do CAMINHOS é gratuita e inclui as áreas da música, teatro, dança, teatro de rua, circo contemporâneo e percursos artísticos, trazendo à região uma dinâmica cultural inédita.

O primeiro momento de programação cultural de 2018 acontece de 13 a 15 e 20 a 22 de Abril com o Caminhos do Ferro. Abrantes, Constância, Entroncamento, Mação, Tomar e Vila Nova da Barquinha convidam para dois fins de semana de música, teatro, dança, actuações de rua, residências e percursos artísticos que enriquecem a exploração da região e a estadia de visitantes.



O itinerário começa nas semanas anteriores com os criadores João Bento, Ana Bento, Lara Soares e Marina Palácio a realizarem residências artísticas, envolvendo a população da região.

A música tem o dom de fazer caminho por entre quem a ouve e também pelas paredes, fachadas, ruas de cada ser vivo como o são as cidades, vilas e aldeias do Médio Tejo. É aqui que vão chegar os sons de Pedro Jóia, Teresa Salgueiro, Gaiteiros de Lisboa, Hélder Moutinho e Sopa de Pedra com os seus olhares únicos sobre a alma tradicional portuguesa. Ou os olhares mais contemporâneos de Bruno Pernadas, João Bento e Daniel Pereira Cristo. Do outro lado da alma portuguesa chega ainda Castello Branco.

Há também espaço para um caminho geracional através do teatro e da dança com Marco da Silva Ferreira e o espetáculo “Hu(r)mano”, “Romeu & Julieta” do Teatro Praga, e os espetáculos “Dragonologia”, “Les Chants Des Pavillons”, entre outros.


- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Água Monchique regressa ao mercado com garrafas de vidro

Há algum tempo que não vemos as garrafas e garrafões da Água Monchique no supermercado. Isso deveu-se ao facto da Sociedade da Água de Monchique ter interrompido a produção e o fornecimento durante alguns meses na sequência do investimento de alguns milhões de euros que estaria a fazer na requalificação e modernização da unidade fabril nas Caldas de Monchique.

Médio Tejo vai ter projeto cultural em rede para envolver as comunidades locais

Chama-se Os Caminhos das Pessoas e é novo projeto cultural em rede que vai arrancar em novembro deste ano, logo após o término do Caminhos 2020.

Postos de carregamento de veículos elétricos disponíveis em vários municípios do Médio Tejo

Vila Nova da Barquinha, Abrantes, Entroncamento, Torres Novas e Sertã. São estes os municípios do Médio Tejo que já têm postos de carregamento de veículos elétricos em funcionamento.

Mango já poupa quase 4 milhões de litros de água na produção de calças de ganga

O mundo está num processo de mudança e a Mango também. A empresa introduziu novas técnicas na produção das...
- Publicidade -

Mais Recentes

Science4You lançou para o mercado o primeiro brinquedo do mundo sobre a COVID-19

A nova aposta da marca pretende que os mais novos aprendam sobre o mundo da imunologia e de que forma se podem proteger de vírus, fungos e bactérias, através de várias experiências e ferramentas didáticas.

MO lança linha especial de longsleeves anti-COVID para crianças

A coleção é inteiramente desenhada e fabricada em Portugal.