fbpx

Brasileiros O Terno no Festival Para Gente Sentada

Ainda ontem a organização confirmou oficialmente a edição de 2019 do festival, avançando também com Jonathan Wilson como primeiro nome, tal como já tínhamos referido em primeira mão. Agora, há mais um nome neste Festival Para Gente Sentada. Tratam-se dos brasileiros O Terno.

A banda, constituída por Tim Bernardes, Guilherme d’Almeida e Biel Basile, mistura influências e sonoridades dos anos 60 com referências contemporâneas em composições coloridas. Melhor Do Que Parece, de 2016, é o disco que meteu O Terno nas bocas do mundo, sendo precisamente esse o trabalho que vêm mostrar a Braga.

Este ano, a 16.ª edição do Festival Para Gente Sentada, que acontece nos dias 15 e 16 de novembro, leva de novo uma programação cuidada e dedicada de artistas nacionais e internacionais à Sala Principal do Theatro Circo, ao gnration e, como já é habitual, estende também a música ao centro da cidade.

O primeiro nome já foi confirmado, pelo que aguardamos por mais detalhes em breve. No que toca aos bilhetes, já estão disponíveis na bilheteira do Theatro Circo, gnration, bol.pt e locais habituais por 40€ (passe de dois dias) ou 25€ (bilhete diário).

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Festival Gastronomia de Bordo acontece em Peniche já em outubro

Este ano, o festival Gastronomia de Bordo em Peniche adaptou-se às novas circunstâncias e fica circunscrito à experimentação dos pratos em apenas alguns restaurantes.

Clã, David Fonseca e Lena D’Água vão atuar no FNAC Live Box Edition

A entrada, como é habitual neste festival da FNAC, é gratuita.

Circle Jerks estream-se em Portugal em julho do próximo ano

A novidade foi avançada pela promotora Hell Xis Agency.
- Publicidade -

Mais Recentes

Celebra o aniversário do Batman com o LEGO do seu Batwing

O novo set de coleção é inspirado no icónico veiculo do filme de 1989.

Câmara Municipal de Lisboa vai continuar a apostar em água reutilizada para lavar as ruas e regar espaços verdes

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a proposta para a construção da Rede de Água Reutilizada de Lisboa na Zona Ribeirinha e Bairro Alto.