Escultura de Bordallo Pinheiro ganha nova vida em peça especial

As Faianças Artísticas Bordallo Pinheiro reforçam o seu compromisso na recuperação do legado artístico visionário do seu fundador com o lançamento de uma nova coleção – “Peça do Ano”. Paulo e Virgínia, uma réplica em menor escala de uma escultura naturalista original de Bordallo Pinheiro, datada de 1889, é a primeira peça desta nova coleção da marca centenária de faianças portuguesa, que será composta por peças exclusivas e originalmente criadas por Raphael Bordallo Pinheiro, e que, até hoje, não estiveram acessíveis ao grande público.

- Publicidade -

Em 1889, no primeiro ano sobre a fundação da Fábrica das Faianças Artísticas Bordallo Pinheiro, nas Caldas da Rainha, Raphael Bordallo Pinheiro criou a escultura gigante Paulo e Virgínia, peça única destinada à decoração de lagos e jardins. Para a criação desta peça, Bordallo Pinheiro inspirou-se no romance iluminista Paul et Virginie, de Bernardin de Saint Pierre, obra literária que teve um êxito retumbante desde o seu lançamento, em 1787, e que se transformou num clássico da literatura mundial até aos dias de hoje.

Raphael adaptou a trágica história de amor, cuja ação se desenrola em pleno Índico, no cenário paradisíaco e exuberante da Ilha Maurícia, e, um século depois do seu lançamento, reinterpretou-a em jeito de fábula, apresentando dois personagens muito ligados ao seu imaginário naturalista: os protagonistas são duas irresistíveis rãs, profundamente enamoradas, a olharem-se, deleitadas, debaixo da sombra de uma bananeira.

Este grupo escultórico ornamentou o Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha, de 1914 a 1920, e marcou presença no pavilhão português da Exposição Universal de Paris, em 1889. Paulo e Virgínia foi também exibido por Raphael Bordallo Pinheiro como uma das peças principais na sua exposição no Rio de Janeiro, em 1899, aquando da apresentação no Brasil da sua majestosa Jarra Beethoven. Atualmente integra o acervo da Casa Museu San Raphael, nas Caldas da Rainha, propriedade das Faianças Artísticas Bordallo Pinheiro.

A nova coleção “Peça do Ano” da Bordallo Pinheiro prevê o lançamento anual de peças exclusivas e de grande valor artístico originalmente criadas por Raphael Bordallo Pinheiro, ou pelo seu filho, Manuel Gustavo Bordallo Pinheiro. Esta coleção reflete o trabalho contínuo da marca na preservação e valorização do legado artístico do seu fundador e implica uma análise pormenorizada da obra de Bordallo Pinheiro, do enquadramento artístico de cada peça, e da minuciosa recuperação dos moldes originais.

A peça Paulo e Virgínia está disponível nas lojas Bordallo Pinheiro e Vista Alegre, revendedores autorizados e na loja online por 275€.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

O hambúrguer Long, do Burger King, virou vegetal

Ao todo, a marca conta agora com três opções vegetais.

Análise – Jabra Evolve2 30

Forma e função num par de auscultadores destinado a quem passa muito tempo a trabalhar em frente ao PC.