Black Friday 2019. Afinal, os portugueses têm ou não vontade de gastar dinheiro?

- Publicidade -

Bom, depende dos estudos apresentados pelas marcas, mas, principalmente, depende da vontade do cliente. Isto se acharem que é um negócio que vale bem a pena na Black Friday 2019.

Por exemplo, um estudo realizado pela Google Portugal em julho deste ano revela que mais de metade dos portugueses (63%) pondera, este ano, fazer compras na Black Friday. A gigante de pesquisas diz que o consumidor português é cada vez mais omnicanal, ou seja, tanto compra na loja online como na loja física, e terá uma preferência para comprar vestuário e calçado (56%), seguido de produtos tecnológicos (49%).

O estudo da Google, que envolveu mais de 5.000 pessoas, refere ainda que as compras nesta ocasião do ano destinam-se maioritariamente ao próprio consumidor (58%), seguido das compras de presentes de Natal (29%) e por fim compras para famílias e amigos (27%).

Já um estudo do Observador Cetelem, neste caso com uma amostra bem menos significativa – somente 600 indivíduos – refere que 50% dos inquiridos não tencionam aproveitar a Black Friday 2019 para fazer compras (55% em 2018), um valor que sobe para os 57% na Cybermonday (65% no ano anterior). 22% dizem mesmo não saber o que é a Cybermonday – dia de compras online com descontos; – e 10% não sabem o que é a sexta-feira negra.

Já para aqueles que tencionam aproveitar a Black Friday 2019, os dados do Observador Cetelem Natal 2019 refere que os portugueses planeiam gastar 168€ nesta altura.

Cuidados a ter na Black Friday 2019

Para isso, a Deco – Associação de Defesa do Consumidor tem uma ferramenta que nos pode ajudar a ter a certeza de que estamos a fazer um bom negócio. A página Comparar Preços, segundo a Deco, “ajuda a perceber se os descontos anunciados em épocas como a Black Friday são boas oportunidades de compra.”

A sua utilização é simples. Se encontrares um produto online numa loja nacional, basta colocares a ligação URL no devido campo ou escolher a loja e o nome do produto para veres a comparação de valores.

O resultado é dado em forma de semáforo, indicando o quão interessante é o negócio. É ainda possível verificar se houve uma alteração de preços nos últimos três meses e como o preço se situa em relação a outras lojas.

Segundo os nossos testes, nem todos os produtos pretendidos aparecem registados nesta ferramenta, ou seja, um produto muito específico que não surja em sites nacionais também não irá aparecer neste portal. Ainda assim, também nós chamamos a vossa atenção para não irem atrás das compras impulsivas.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome