Bem-vindos a África é o regresso de Christian Clavier ao grande ecrã

As comédias francesas são sempre um sucesso em qualquer lado, especialmente em Portugal. Bem-vindos a África é o regresso das comédias francesas ao cinema e também o de Christian Clavier ao grande ecrã.

- Publicidade -

Bem-vindos a África é a comédia francesa deste verão e estreia já a 6 de agosto nos cinemas nacionais. Neste filme, Léo Pol, interpretado pelo ator francês Pascal Elbé, é, há muito tempo, o conhecido apresentador de Encontro… no Fim do Mundo, um programa televisivo de grande sucesso em França que coloca celebridades em locais inesperados.

Para a edição de Natal, a direção do programa decide ter não apenas um, mas quatro convidados especiais: o apresentador Julien Gosset-Grainville  (Christian Clavier), a  veterinária preferida dos franceses (Sylvie Testud), a estrela de futebol Kevin (Michaël Youn) e Sam Bonheur (Ramzy Bedia), estrela do stand-up, que vão passar uns dias na longínqua aldeia dos Malawas, uma das tribos mais isoladas de todo do mundo.

Realizada e escrita pelo realizador James Huth (Lucky Luke, 2009), Bem-vindos a África é uma comédia sobre a natureza humana e marca o regresso das comédias francesas aos cinemas, um género que tem cada vez mais fãs em Portugal.

- Publicidade -

Sigam-nos

12,463FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Bem-Vindos a África foi o filme mais visto desde a reabertura dos cinemas em Portugal

É a comédia francesa que marca o regresso do ator Christian Clavier ao grande ecrã.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

OPPO Find X será das primeiras séries de smartphones 5G com o novo processador Snapdragon 888

Os novos dispositivos deverão chegar ao mercado no primeiro trimestre de 2021.

Samsung pode estar em vias de acabar com a linha Galaxy Note

As quebras no segmento e pandemia de COVID-19 são as razões apontadas para este possível fim.

Corsair iCue 4000X RGB – Forma, função e estilo

Seja num cenário profissional de produtividade, lazer ou entretenimento, a caixa é, por vezes, deixada para último plano quando se monta um PC. Mas não deveria de ser o caso.