Grupo Barraqueiro pretende usar carruagens espanholas para ligar Braga a Faro

- Publicidade -

O objetivo é tornar-se o primeiro operador ferroviário de longo curso em Portugal.

A novidade não é de agora, mas ganha força numa altura em que a Autoridade da Mobilidade dos Transportes já terá sido notificada. Em fevereiro, o Grupo Barraqueiro, detido em 68,5% pelo empresário Humberto Pedrosa, pediu uma licença de operador ferroviário para passar a explorar comercialmente a ligação entre Braga e Faro. Meses depois, essa é uma realidade cada vez mais próxima, até porque existem planos mais concretos.

Ao que consta, a empresa B-Rail, do grupo Barraqueiro, quer usar as carruagens espanholas Talgo, que faziam o Sud Expresso e o Lusitânia Expresso, conhecidas por serem curtas e baixas, para fazer a ligação entre Braga e Faro.

Segundo o Público, o objetivo da B-Rail é operar 24 comboios diários, sendo 12 em cada sentido, entre Lisboa e Porto. Seis destes irão ligar Braga a Lisboa, ao passo que outros quatro ligarão Porto a Faro.

Apesar de já ter informado a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, pode demorar anos até que algo do género se concretize. Em fevereiro, o objetivo do grupo Barraqueiro era oferecer comboios entre Braga e Faro dentro de três a quatro anos, isto é, algures em 2024… ou 2025.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes