Back Then é um jogo nacional que explora a doença de Alzheimer

Os jovens portugueses continuam a apostar no desenvolvimento de videojogos com temas e mecânicas bem interessantes. O mais recente desses exemplos parece ser Back Then.

Desenvolvido pela Outriders, o jogo começou o seu desenvolvimento com a iniciativa Global Game Jam 2019 e, agora, é um projeto que promete ser completo e com mecânicas bem interessantes.

Com foco na atmosfera e resolução de mistérios, somos colocados na pele de Thomas, um idoso de 80 anos que sofre de Alzheimer e que está preso a uma cadeira de rodas, além de não ser visitado pela família tantas vezes como queria.

Nesta situação difícil, iremos controlar e ajudar o senhor a manter a sua memória ativa e recordá-lo dos momentos felizes e das pessoas da sua vida.

O jogo é na primeira pessoa e conta com elementos de investigação e puzzles, com uma narrativa inspirada em casos reais.

Ainda sem uma data de lançamento, Back Then está a ser desenvolvido para plataformas Windows, Mac e Linux, com aposta também no VR.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,464FansCurti
4,047SeguidoresSeguir
532SeguidoresSeguir

Relacionados

Outriders recebe o primeiro vídeo de desenvolvimento dedicado à jogabilidade

Conhece o novo mundo negro de sci-fi no primeiro episódio de segmentos de produção de Outriders.

Análise – Streets of Rage 4

Um regresso ao passado que irá deliciar os fãs do género e da série clássica da SEGA.

Predator: Hunting Grounds recebe Arnold Schwarzenegger e fica automaticamente melhor

O ator volta a interpretar Dutch, no novo jogo para PC e PlayStation 4

Os eventos do Summer Game Fest a não perder

A agenda do Summer Game Fest inclui eventos e transmissões de maio a agosto.
- Publicidade -

Mais Recentes

Inquérito revela que 82% dos fãs estão prontos para voltar aos eventos ao vivo

A pesquisa foi realizada pela Festicket a mais de 110 mil inquiridos.

Música: Álbuns essenciais (abril)

Fiona Apple lançou um dos álbuns mais brilhantes dos últimos anos. Pronto, já disse.

EPAL lança versão especial da garrafa COOL dedicada a Lisboa

Tudo isto deve-se ao facto de Lisboa ser, em 2020, a Capital Verde Europeia.