B Fachada no Jameson Urban Routes – É uma loucura portuguesa, com certeza

Foi esta sexta-feira, dia 26 de outubro, que a pequena sala do MusicBox acolheu a apresentação da nova e reeditada versão do EP de 2008, Viola Braguesa, do cantautor B Fachada – um dos nomes mais conceituados no panorama musical português e de grande destaque na imprensa.

- Publicidade -

Segundo o artista, este foi o EP que o lançou verdadeiramente na carreira musical, e que, segundo o mesmo em entrevista para a imprensa, “lhe devolveu o amor que lhe pôs com a profissão que depois lhe coube professar os anos seguintes”, apesar de ter tido já lançado três EPs, menos conhecidos, antes. E é este amor devolvido, esta paixão, que vemos em palco, com Bernardo Cruz Fachada, encarnado na personagem de seu nome artístico B Fachada, sob um foco de luz no palco do MusicBox. Apenas ele, a sua viola braguesa, e um grupo consistente de fãs que o apoiavam com assobios e devolviam risos genuínos às piadas que o artista foi lançando – inclusivamente, private jokes que apenas os fãs mais acérrimos de facto percebiam.

Muito presente nos temas deste EP, mas não só – acaba por ser um efeito transversal e presente um pouco por todos os seus álbuns, aos quais foi buscar alguns temas para intercalar com os de Viola Braguesa, como “Boa Nova”, “Mano” e “Há Festa na Moradia” – as canções de B Fachada são uma mistura perfeita entre música urbana e música tradicional. Entre o rústico e o moderno, recicla mas preserva as sonoridades (e mensagens) mais típicas portuguesas, em temas como “Tradição”, na qual canta “Nestes dias tive tempo p’ra pensar/ Se a tradição estará mesmo para acabar / E cheguei à conclusão fundamental / Que nesta história da canção tradicional / É bonita ouvi-la vir de alheia mão / Mas mais bonito ainda é vir do próprio coração”.

B Fachada
Foto: Ana Viotti

Numa onda folk urbana muito própria do artista, os temas variam entre canções alegres com toques de folclore e bonitas baladas como “Balada à Mariana”. Sempre com um ar meio lunático, meio tresloucado, por vezes frenético, B Fachada deixa claramente transparecer a genialidade subtil que existe naquela mente. Exemplo perfeito disso são as letras, do mais criativo, engenhoso e até mesmo surreal que há. A forma como toca e agarra a sua guitarra, a sua viola braguesa, numa entrega completa, prendem o olhar do público em temas como “Amor de Mãe” e “Canção da Mimi”.

Para além de temas originais, o público pôde também contar com covers de músicas conhecidas, como “Branca” (de Pega Monstro), “Tecto na Montanha” e “Os Fantoches de Kissinger” (ambas de José Afonso). A poucas músicas de terminar, e em mais um momento de interação com o público, Fachada prepara-se para dizer que “está quase a acabar”, quando um grupo de fãs se insurge no meio da multidão e pede pel”A Joana Transmontana” – uma das suas canções mais conhecidas. Como quem tem planeado para mais tarde mas decide antecipar o momento, o artista acaba por ceder “Vá, ok, agora pode ser essa” e de forma espontânea mete então todo o público a cantar ávida e animadamente “Com tanta gente que passou pela tal Joana, cadê poetas para cantar a Transmontana?”.

E é com esta que dá o concerto por terminado, e se retira, mas o público não cede, como poderia ficar por aqui? Fachada volta, para um encore com os também conhecidos temas “O Fim” e “Mana”. Despede-se com um sorriso rasgado, um obrigado sincero, e um gesto de adeus, tão português, como ele.

Foto de destaque: Ana Viotti


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

MUMA 2020 leva B Fachada e projeto de Sam the Kid ao Faial

É de 14 a 16 de maio que acontece o MUMA 2020, festival que regressa Faial graças à Associação Cultural Música Vadia.

Battles no Musicbox – Bem-vindos de volta

O Jameson Urban Routes tem-se tornado, ao longo dos anos, um dos esteios mais firmes da programação outonal da movida musical em Lisboa, conseguindo trazer regularmente artistas com créditos firmados a preços democráticos, bem como novos nomes a explorar.

(Terminado) Passatempo Jameson Urban Routes – Temos um convite duplo para Carne Doce + Bruno de Seda (Sessão 02)

Quem nos segue sabe que temos vindo a dar algum destaque a este festival. O Jameson Urban Routes acontece...

Battles nas novas confirmações que completam o cartaz do Jameson Urban Routes 2019

Está oficialmente fechada a programação do festival Jameson Urban Routes, que acontece de 22 a 26 de outubro no...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Sines recebe investimento de 80 milhões para produção de salmão e bacalhau

A construção do projeto deve arrancar no último trimestre de 2022.

Governo diz que voos da SATA para os Açores não estão em risco de ser suprimidos

Desmentindo, assim, uma notícia avançada pelo Expresso.

Grupo B&B Hotels abre hotel em Guimarães ainda este ano

Um hotel de três estrelas com capacidade para 95 quartos. Hoje, dia 28 de janeiro, a parceria Casais - Sunny...