Auchan já nos deixa saber o percurso de vida das alfaces, melões e melancias

Tudo graças à tecnologia blockchain.

alfaces
- Publicidade -

Sempre quiseram saber a origem de determinados produtos antes de vos chegarem ao prato? Pois bem, a Auchan Portugal dá agora essa oportunidade.

A partir de agora, podem encontrar em todas as lojas do grupo os primeiros produtos alimentares em Portugal com recurso à tecnologia blockchain, nomeadamente a alface, o melão e a melancia. Esta iniciativa, por sinal pioneira no setor da grande distribuição a nível nacional, permite aceder a todo o percurso de vida de um artigo, desde a terra até ao prato do consumidor, o que representa um benefício em matéria de transparência e segurança alimentar.

Através de um código QR colocado na etiqueta do produto, o consumidor fica a conhecer, de forma rápida e intuitiva, todas as etapas de vida do alimento, desde o seu processo de produção, manipulação, transformação, embalagem e expedição.

A Auchan tem atualmente uma produção controlada com centenas de referências de produtos de marca própria, 91% provenientes de fornecedores portugueses, assente numa política de responsabilidade social que apoia a comunidade e os pequenos produtores.

Depois da alface, melão e melancia, a tecnologia blockchain deverá ser aplicada em breve a outros produtos da fileira de produção controlada. O objetivo é que, no final de 2022, toda a fileira de produção controlada integre esta nova tecnologia.

Sigam-nos

12,440FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Auchan vai disponibilizar pontos de recolha gratuitos a produtores locais

Ou seja, vai permitir o levantamento de compras feitas diretamente aos produtores locais, pequenos comerciantes e artesãos num espaço facultado para o efeito.

Pinheiros de Natal da Auchan vão ajudar a reflorestar o pinhal de Leiria

Este ano, a Auchan reforça o seu compromisso com a proteção das florestas e aposta num Natal mais verde e responsável.

Auchan lançou no mercado a primeira marca própria de vinhos

Chama-se BANDO e conta com 20 propostas de cinco regiões vinícolas portuguesas.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes