Google formou mais de 35 mil portugueses com o Atelier Digital

Começou como projeto-piloto em dezembro de 2016 e depois fez-se um primeiro teste presencial em Setúbal em abril do ano passado. Correu tão bem que, depois, o Atelier Digital passou por Leiria, Aveiro, Peniche, Porto e Lisboa. No total, quando se pensava um máximo de 10 mil portugueses formados em competências digitais, esse número superou os 35 mil, três vezes maior que o previsto, levando a um aumento de orçamento e de recursos.

O projeto Atelier Digital, da Google, conta com o apoio da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos e da SIC Esperança, e visa formar os portugueses (com ou sem formação académica, empregados ou desempregados) em competências digitais e de forma gratuita.

No evento de ontem, promovido pela Google, em que foram divulgados os números desta iniciativa, estiveram presentes várias figuras responsáveis pelo sucesso deste projeto.

“Estamos muito entusiasmados com os resultados obtidos em 2017 que revelam bem o interesse dos portugueses por este tipo de formação e a sua importância numa economia cada vez mais digital. Por outro lado, estes resultados fantásticos renovam também as nossas expectativas para 2018 de querermos fazer mais e ainda melhor e mantendo o desígnio de pretendermos continuar a ser um motor de crescimento para Portugal e para a Europa”, referiu Francisco Ruiz Anton, Director de Assuntos Institucionais da Google Portugal e Espanha.

De acordo com o Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, “o Governo, quando lançou o Programa Indústria 4.0, reconheceu a importância de mobilização da sociedade portuguesa para os desafios da digitalização. Em particular, o reforço da formação em matéria de competências digitais é um dos pilares deste Programa, com vista a acelerar a introdução de tecnologia na economia e de responder ao desafio da competitividade das empresas.Esta aposta deve resultar de um esforço conjunto, tanto de instituições públicas como de empresas privadas. Nesse sentido, a iniciativa da Google ‘Atelier Digital’ comprova o enorme entusiasmo do País em tirar partido das competências digitais e o empenho desta multinacional na sua presença em Portugal.”

No mês de Dezembro, foram acrescentados três novos módulos de aprendizagem (Planear a sua estratégia empresarial online; Começar a utilizar o marketing de conteúdo e Transformar dados em informações) bem como dois módulos adicionais (Aumentar a produtividade no trabalho; Introdução à Aprendizagem Automática) à formação online, passando agora a totalizar 26 módulos que cobrem diferentes áreas do marketing digital, como por exemplo, pesquisa, e-mail, redes sociais, redes display, vídeo, e-commerce, web analytics, dispositivos móveis, internacionalização, entre outros.

A formação baseia-se em tutoriais em vídeo, seguidos de atividades. No final, os formandos terão disponível um teste que lhes permitirá obter uma certificação reconhecida pela IAB Europe.

Já a formação presencial irá continuar a ter como tema central o Marketing Digital e inclui formação em otimização para motores de pesquisa (SEO), marketing para motores de pesquisa (SEM), marketing nas redes sociais e mobile, análise de Web e Internacionalização conciliando teoria e prática. No final, e após testes com aproveitamento, cada formando recebe um certificado. A primeira formação presencial de 2018 terá lugar de 28 de Fevereiro a 02 de Março no Instituto Politécnico de Setúbal e as inscrições, totalmente gratuitas, ainda estão abertas.

 

- Publicidade -

Sigam-nos

10,462FansCurti
4,049SeguidoresSeguir
532SeguidoresSeguir

Relacionados

A PlayStation lança um novo vídeo promocional bem estranho

Numa nova campanha de marketing, a PlayStation revelou um vídeo com o novo mote para a marca de consolas.

Novo Plano Estratégico de Turismo de Lisboa aposta em mais protagonismo para o Tejo

Um novo protagonismo para o Tejo, a gestão dos fluxos turísticos através de doze polos locais espalhados pela Região de Lisboa e o desenvolvimento de produtos transversais a todo o destino. São estes os objetivos centrais da estratégia que visa a integração regional e o aumento da riqueza gerada pelo Turismo.

Novos portáteis da Huawei chegam ao mercado português em março

Para 2020, a Huawei faz um reboot ao seu negócio de portáteis. Como a Microsoft e AMD conseguiram licenças de exportação para trabalhar com a marca chinesa, há novos portáteis da linha Matebook D, que chegam ao mercado português já a 12 de março.

Huawei Mate 30 Pro chega a Portugal a 8 de janeiro. E traz uma oferta de 300€

Mas as unidades do equipamento serão bastante limitadas, pelo que devem fazer o mais rapidamente possível a reserva online.
- Publicidade -

Mais Recentes

EPAL lança versão especial da garrafa COOL dedicada a Lisboa

Tudo isto deve-se ao facto de Lisboa ser, em 2020, a Capital Verde Europeia.

Overcooked é a nova oferta da Epic Games Store

Mais uma semana mais um jogo grátis.