Arcade Fire substituem Björk no Vodafone Paredes de Coura

Quase que se pode dizer que há males que vêm por bem. Depois de Björk ter cancelado a sua digressão de verão, onde se incluía uma passagem por Portugal no Vodafone Paredes de Coura, a organização do festival minhoto foi extremamente rápida a colmatar esta falha, anunciando a presença dos canadianos Arcade Fire em substituição da islandesa.

Considerada uma das bandas essenciais do século, os Arcade Fire formaram-se durante o verão de 2003, depois de Win Butler ter ouvido Régine Chassagne numa exposição de arte de Montreal e terem começado a compor juntos. Numa mistura encorpada e eclética de bossa nova, punk, canção francesa e música pop, rapidamente encabeçaram a realeza do indie no início dos anos 2000.

Depois do lançamento do primeiro EP, em 2003, a aclamação da crítica, e público, chegou em 2004 com o primeiro álbum, Funeral, resultado de uma catarse conjunta em estúdio. A partir daqui, as datas na estrada foram sucessivas e começaram as nomeações para prémios e as aparições nas listas de melhores do ano de diversas publicações especializadas. Depois de um ano exaustivo, a banda comprou uma igreja, cenário de gravação de Neon Bible, trabalho de 2007 marcado pela diversidade de instrumentos desde órgão e coro até uma orquestra completa.

Seguiu-se Suburbs, uma ode de 16 faixas universalmente aclamada e que chegou a número 1 nos Estados Unidos e Reino Unido e lhes deu, no ano seguinte, uma variadíssima lista de nomeações e prémios que foram dos Grammy aos BRIT Awards. Começaram a trabalhar no seu quarto lançamento em 2012, com James Murphy na produção. Reflektor foi uma vez mais aclamado e levou a uma ambiciosa tour mundial. Um documentário da tour, lançado em 2015, chegou a ser selecionado para ser exibido no Toronto Film Festival nesse ano. O antecipado álbum Everything Now chegou o ano passado.

Recorde-se que o festival minhoto foi o escolhido, em 2005, para acolher a estreia da banda em Portugal. O acontecimento histórico, no palco principal do festival, vive até hoje na memória de todos os que o presenciaram, e no imaginário de todos os que o perderam.

Na altura, foi com Funeral que o grupo de Montreal presenteou o público com uma actuação explosiva, catártica, capaz de provocar epifanias a tantos que ali estiveram.

Escreveu-se, na altura, que “não acontece assim tantas vezes, ouvir o som da história a fazer-se.” O regresso faz-se agora. 13 anos depois, a banda de Win Butler volta ao sítio onde foi feliz, e onde deixou fez tanta gente feliz.

Convém recordar que os canadianos vão passar pelo nosso país a 23 de abril, num concerto marcado para o Campo Pequeno, e para o qual os bilhetes já estão esgotados. Esta é, portanto, uma nova oportunidade para os ver ao vivo.

A 26.ª edição do Vodafone Paredes de Coura vai decorrer na Praia Fluvial do Taboão nos dias 15, 16, 17 e 18 de Agosto. Além dos Arcade Fire, o cartaz contempla nomes como Fleet Foxes, Skepta, Curtis Harding, … And You Will Know Us By The Trail Of Dead e Big Thief.

Os passes gerais podem ser adquiridos por 100€ e estão à venda no site oficial do festival, Bilheteira Online, Festicket e locais habituais.


 

- Publicidade -

Sigam-nos

10,462FansCurti
4,049SeguidoresSeguir
532SeguidoresSeguir

Relacionados

Tomorrowland Around The World. Vem aí a primeira edição totalmente digital do conhecido festival

Acontece já a 25 e 26 de julho e o cartaz será divulgado a 15 de junho. Mas este evento não é gratuito.

Bad Bunny, Meduza, ProfJam e Bispo reconfirmados no 24º MEO Sudoeste

São os primeiros nomes a assegurar presença na Herdade da Casa Branca, na Zambujeira do Mar.

Concerto dos Fat Freddy’s Drop foi adiado para julho de 2021

Ainda vamos ter muitas destas notícias nos próximos tempos.

FEST – Novos Realizadores, Novo Cinema aposta no cinema drive-in

E vai ter edições simultâneas em Espinho, Porto e Lisboa.
- Publicidade -

Mais Recentes

Overcooked é a nova oferta da Epic Games Store

Mais uma semana mais um jogo grátis.

Crítica – Trackers (Primeiros 3 Episódios)

Os primeiros episódios de Trackers não são totalmente perfeitos... mas também não são horríveis.