Nem um, nem dois, nem três. Apple apresentou quatro versões do iPhone 12

E não trazem nem EarPods nem adaptador de corrente.

- Publicidade -

O mundo faz pausa cada vez que a Apple faz um anúncio importante. Desta vez não foi exceção e, mesmo tendo em conta o facto de ser um evento virtual, tal não faz com que o interesse em novos equipamentos diminua.

Na tarde de hoje, a Apple apresentou não um, não dois, não três, mas sim quatro versões do iPhone 12. É questão de dizer que há mesmo smartphones para todas as mãos. São todos compatíveis com 5G.

No ano passado, a marca da maçã apresentou três novos iPhones. Este ano, surgiu mais um, talvez impulsionado pelo sucesso (?) do iPhone SE 2020. É o iPhone 12 mini. E é mesmo por aí que vamos começar.

iPhone 12 mini/iPhone 12

Para já, algo de louvar. Toda a linha iPhone 12 conta com ecrãs OLED, até mesmo este Mini. Indo ao detalhe, temos aqui um dispositivo com um ecrã OLED Super Retina XDR de 5,4″, processador A14 Bionic, sistema de câmara dupla de 12MP na traseira, câmara frontal TrueDepth de 12MP e opções de armazenamento de 64GB (a sério, Apple?), 128GB ou 256GB.

Já a bateria é de 3210mAh e conta com “carregamento rápido”, uma vez que vai dos 0 aos 50% em 30 minutos. Mas atenção: para isso terão de adquirir um adaptador de 20W ou superior à parte. Sim, é que, a partir de agora, a Apple deixa de incluir tanto adaptadores de corrente, como EarPods. Algo que se aplica a toda a linha iPhone 12 e futuros modelos. Justificação? “Tudo em prol do ambiente.

No que toca a preços, o iPhone 12 Mini estará disponível num total de cinco diferentes, com os preços a começarem nos 829€.

O modelo seguinte é o iPhone 12. Podemos considerar o modelo base de toda a gama, vá. Diferenças em relação ao modelo anterior? O ecrã (6.1″) e a bateria. Só. Daí a diferença ser de somente 100€.

Vamos aos modelos iPhone 12 Pro, que a Apple considera “um salto de inovação”. No iPhone 12 Pro, temos um ecrã OLED Super Retina XDR de 6,1″, processador A14 Bionic, três câmaras na traseira de 12MP cada – uma ultra grande angular, uma grande angular e uma teleobjetiva -, câmara frontal TrueDepth de 12MP e opções de armazenamento de 128GB/256GB/512GB.

À semelhança dos dois modelos anteriores, também aqui o iPhone 12 Pro Max diferencia-se do modelo 12 Pro devido ao tamanho do ecrã (6,7″), maior bateria e em pormenores nas câmaras (a grande angular do 12 Pro Max tem estabilização ótica de imagem com movimento do sensor e a teleobjetiva tem uma distância focal maior, bem como uma maior abertura).

Há, claro, diferenças desta linha 12 Pro em relação aos outros dois modelos. Por exemplo, estas duas versões mais caras usam um sensor LiDAR para medir o tempo que a luz demora a ser refletida num objeto. Desta forma, conseguem criar um mapa de profundidade de qualquer espaço. Vai ser útil para apps de realidade aumentada. Além disso, a Apple garante ainda que, graças a esta tecnologia, conseguirão fotografar retratos no modo Noite.

De resto, a Apple destaca ainda várias inovações que permitem melhores imagens, vídeos com ainda mais qualidade e som mais aprimorado. A empresa destaca também o vidro Ceramic Shield, que, além de quatro vezes mais resistente a quedas (comparativamente à geração anterior), é uma “estreia absoluta nos ecrãs”, tornando-os “mais resistentes do que qualquer vidro de smart­phone”.

Relativamente a preços, o iPhone 12 Pro começa nos 1179€, ao passo que o iPhone 12 Pro Max é 100€ mais caro. Em termos de disponibilidade, sabe-se que poderão reservar o iPhone 12 e iPhone 12 Pro a partir desta sexta-feira, dia 16 de outubro. No que toca ao iPhone 12 Mini e iPhone 12 Pro Max, poderão ser reservados a partir de 6 de novembro.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

13,025FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
789SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Siri revela novo evento da Apple para 20 de abril

Ao invés de ser a empresa propriamente dita a anunciar, foi a assistente virtual a adiantar-se.

Apple anuncia nova série antológica The Crowded Room. A primeira temporada terá Tom Holland como protagonista

Depois do sucesso de Cherry, filme que está disponível na Apple TV+, a empresa e o conhecido ator juntam-se para um novo projeto.

DECO Proteste avança com ação judicial contra a Apple

Algo que está relacionado com o facto de a Apple ter criado obsolescência programada para os iPhones 6 e 6S.

Lançamento do iOS 14 pode afetar os anúncios do Facebook. Saibam como

Estima-se que estas alterações sejam incluídas numa atualização do iOS 14 no início de 2021.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes