Apple admite ter diminuído a velocidade de iPhones mais antigos

Depois de surgirem um pouco por toda a Internet relatos de utilizadores incrédulos com o decréscimo de performance em iPhones mais antigos, algo que a Apple primeiramente ignorou, lá veio a confirmação: a velocidade foi reduzida, mas tudo isto para garantir a melhor experiência para os utilizadores, diz a marca da maça.

- Publicidade -

Tudo começou no ano passado quando a correção lançada pela Apple aos problemas de reboots nos iPhones 6S veio reduzir o desempenho dos modelos. E, à medida que os equipamentos vão perdendo tempo de vida útil, a sua performance de topo vai desaparecendo, como veio comprovar um benchmark do Geekbench, uma aplicação desenvolvida pela empresa Primate Labs.

Segundo podem constatar pelos gráficos, à medida que iam atualizando o iOS, os iPhones iam tendo cada vez menos desempenho, chegando até, pasmem-se, a um nível de desempenho que é 40% do que deveriam ter.

Perante estes dados, a marca lá acabou por admitir que, de facto, reduz a energia dos iPhones, algo que causa lentidão no sistema quando as baterias não conseguem fornecer a corrente que o processador exige em situações como frio intenso ou, por exemplo, devido ao tempo de vida útil da própria bateria. E isto pode fazer com que o iPhone desligue do nada.

O “chato” é que a maçã alega que faz isto para garantir a melhor experiência para os utilizadores, em vez de, efetivamente, admitir que existe um problema com as baterias. A empresa revela ainda que as baterias de iões de lítio vão-se degradando com o tempo, mas será esta uma desculpa plausível?

Este problema pode ser resolvido substituindo a bateria do telefone. Contudo, existem dois problemas. Primeiro, os utilizadores não podem trocar as baterias sem recorrer a uma loja especializada; e segundo, não existem valores no site da Apple Portugal para a troca de baterias.

Poderá esta ser uma jogada da Apple para levar o consumidor a trocar de iPhone? A marca anteriormente admitiu que o ciclo de vida de cada iPhone é de dois anos, porém, até o iPhone 7, lançado o ano passado, apresenta problemas com as baterias.


- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Apple apresenta novos Macbook Pro com processador M1 Pro e M1 Max

É todo um novo nível de processamento... com o devida subida de preço.

Do iMac para o Mac Mini M1. O melhor e o pior da minha atualização

Com vários prós e contras, a Apple conseguiu aqui um belo equipamento.

O Razer Kishi ganha uma nova versão para iPhone com suporte para o Xbox Game Pass

Com o Xbox Game Pass oficialmente em dispositivos Android, surge um novo adaptador.

WWDC 2021: FaceTime chega ao Android e Windows e novo Apple Maps chega em breve a Portugal

As versões public beta do iOS 15 serão disponibilizadas já no próximo mês de julho.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Electric Daisy Carnival (EDC) Portugal é substituído este ano pelo Secret Project Festival

Vai acontecer no mesmo local que o EDC e nas mesmas datas anteriormente definidas para 2022.

Serviço de streaming OPTO volta ao ativo

Foram três semanas sem acesso à plataforma.

STCP alarga frota com 81 autocarros MAN

Os autocarros têm 12 metros de comprimento e contam com 37 lugares sentados, 44 lugares em pée ainda 1 lugar de cadeira de rodas.