“Aparição”: A obra de Vergílio Ferreira chega este mês aos cinemas

Aparição, que ganhou o Prémio de Melhor Filme Português no Fantasporto, foi filmado em Évora e transporta para o cinema uma história inesquecível que levanta as mais profundas questões do existencialismo. Este filme confirma a relevância do livro de Vergílio Ferreira, um dos dez romances mais importantes da literatura Portuguesa do século XX.

- Publicidade -

No final dos anos 50, um jovem escritor e professor, Alberto Soares (Jaime Freitas), tem a sua primeira colocação no Liceu de Évora, uma cidade rural, inóspita e moralista. Encontra-se com o médico local e amigo do seu falecido pai, Dr. Moura (Rui Morisson), de quem logo se torna protegido e acolhido pelo seu núcleo familiar.

Alberto deixa-se fascinar pelas suas belas filhas: Ana (Rita Martins), a mais velha, casada com o latifundiário Alfredo (Dinis Gomes), uma mulher inteligente, carente e frontal; Sofia (Victoria Guerra) uma jovem provocadora, sensual e inconsequente e Cristina (Inês Trindade), a mais nova, um inatingível e inocente talento musical.

Do percurso de Fernando Vendrell como realizador destacam-se as longas-metragens PELE, O Gotejar da Luz e Fintar o Destino, as séries televisivas O Dia do Regicídio e Bocage, além de diversas curta-metragens e documentários.

Quanto a Aparição, o filme tem estreia marcada para dia 22 de março.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
784SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Crítica – Thunder Force

Thunder Force é mais uma peça de storytelling sem sentido e absurda de Ben Falcone, caraterizada por um humor insuportavelmente seco e forçado, para além de uma história facilmente esquecível.

Crítica – Voyagers

Voyagers possui uma fórmula bem-sucedida de ficção científica e leva-a por um caminho de desenvolvimento desinteressante, nada surpreendente e frustrantemente genérico.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – Narita Boy (PlayStation 4)

Viajem para o mundo cibernético neste jogo de ação e aventura centrado num rapaz que é transportado para um videojogo.

Crítica – Thunder Force

Thunder Force é mais uma peça de storytelling sem sentido e absurda de Ben Falcone, caraterizada por um humor insuportavelmente seco e forçado, para além de uma história facilmente esquecível.

Scribd oferece acesso gratuito à MUBI, CONtv e CuriosityStream

Volta a oferta da Scribd, desta vez ainda com mais motivos para aproveitar.