The Hood. O primeiro anti-centro comercial de Portugal vai ter lojas e restaurantes pop-up

- Publicidade -

O espaço contará, para já, com um contentor e dois autocarros que vão acolher as primeiras marcas.

anti-centro comercial

Lembram-se quando falámos aqui do The Hood, o anti-mall da Amadora, localizado na praça central do UBBO, antigo Dolce Vita Tejo? Pois bem, há boas novidades.

Este anti-centro comercial fechou um contrato com a startup espanhola Go Pop-Up para a implementação de espaços de retalho e restauração, em formato rotativo e de duração temporária. Na prática, quer isto dizer que aquele espaço irá contar em breve com lojas e restaurantes pop-up.

Para já, o The Hood contará com um contentor e dois autocarros que vão acolher as primeiras marcas, a ser anunciadas em breve. Prevê-se que a abertura aconteça após a conclusão do Estado de Emergência (não renovado desta vez), decretado pelo Governo devido à pandemia do Covid-19.

Com uma dimensão entre 10 a 65 m2, as estruturas do novo projeto irão ser alocadas em zonas premium do The Hood. No futuro, o anti-centro comercial contará também com stands, corners e mercados, bem como foodtrucks, variando sempre de acordo com o modelo que melhor se adequa a cada uma das marcas.

Além das marcas em formato pop-up, será ainda possível a realização de eventos e ativações de marca, sendo que todas as presenças variam entre um limite mínimo de um fim de semana e um limite máximo até três meses.

- Publicidade -

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes