Vais poder levar os teus animais de estimação para dentro dos restaurantes

Mas só se os proprietários dos espaços deixarem. As propostas do PAN, Bloco de Esquerda e PEV foram hoje aprovadas pelo Parlamento, embora com votações distintas.

- Publicidade -

Começando pelo projeto do PAN, esta nasceu de uma petição do deputado único André Silva, com o objetivo de alterar uma legislação de 2015 que não permitia a entrada de animais em espaços fechados de restauração e bebidas, mesmo que o proprietário do espaço desse a devida autorização.

Assim, a proposta do PAN refere que a decisão de autorização para os estabelecimentos comerciais passará pelos proprietários, pelo que, apesar de não terem acesso a áreas de maneio e confeção de alimentos, os amigos de quatro vão passar a poder entrar em estabelecimentos fechados de restauração, cabendo a última palavra ao proprietário.

O projeto do BE, também aprovado, defende a possibilidade de os estabelecimentos criarem uma área sinalizada para acolher animais de estimação. No entanto, dificilmente os espaços verão com bons olhos esta medida, já que essa área sinalizada pode roubar espaço a clientes dentro dos restaurantes.

Por último, o projeto do Partido Ecologista “Os Verdes” diz que o porte ou comportamento dos animais não pode causar transtorno para os restantes clientes do espaço.

É uma excelente iniciativa e até praticada um pouco por toda a Europa, porém, requer alguns cuidados especiais. Apesar de muita gente ficar felicíssima com estas aprovações, outras nem por isso, já tendo criticado as opções dos partidos nas redes sociais. Há pessoas com alergias, há pessoas com pavor a animais devido a traumas do passado, há pessoas que detestam animais, há pessoas que não suportam alguns comportamentos dos nossos patudos quando na presença de outros e ainda há as necessidades dos animais. E não esquecer que estamos em Portugal, um país (bastante) retrógrado.

Isto obriga a uma reflexão por parte dos clientes, que poderão decidir entre ir ao restaurante do costume ou ficar em casa. Todavia, é algo que pode também levar mais clientes aos restaurantes, na medida em que muitos portugueses sempre sonharam levar os seus patudos num almoço ou jantar.

Há também vários locais no nosso país que já permitem a entrada de animais, mas, essencialmente, vai ser necessário bom senso para que tudo decorra sem problemas. E, desde que os donos tenham educado bem os seus animais, então estes projetos serão um verdadeiro sucesso.

Segue-nos nas redes sociais no Facebook, Twitter e Instagram.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Poke Dog. Chegou o restaurante virtual para cães

É um exclusivo da Uber Eats.

Óleo de cannabis para cães? Sim, existe

A Barkyn diz que é, provavelmente, a novidade do ano.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Festival Authentica reconfirma De La Soul e Nothing But Thieves para 2022

O Authentica receberá cerca de 30 artistas internacionais e nacionais.

Centro Expositivo do Promontório de Sagres deve abrir no início de 2022

A empreitada, que ascende a cerca de 1,5 milhões de euros, está na fase da construção da cenografia.

Uber Pet. Novo serviço permite que os utilizadores viajem na companhia dos seus animais de estimação

Numa primeira fase, esta novidade está somente disponível em Lisboa, Porto e na região do Algarve.