Análise – Trust Carus GXT 323

São baratos e cumprem a promessa, apesar dos sacrifícios do uso dos materiais, que podem limitar a experiência de utilização.

trust carus gxt 323 review echo boomer 1
- Publicidade -

Começando pelas primeiras impressões, o mais recente par de auscultadores para gaming da Trust, o Carus GXT 323, deixa-nos receosos. Mesmo por um preço extremamente acessível de 39,99€, pegar nesta nova solução é estranha, isto porque quase todos os materiais usados, aliados ao design complicado do periférico, tudo parece construído e desenhado com materiais baratos. As cúpulas são grandes e de plástico, conferindo a ideia que são ocas por dentro; as texturas e fibras das almofadas e da banda, em particular, numa primeira impressão também não parecem as melhores; e em termos de interface e controlos só temos um controlador de volume e um switch On/Off para o microfone, num local um pouco escondido. Mas já lá vamos.

Uma vez ultrapassado este primeiro contacto, as coisas melhoram, e bem, revelando que, por baixo da sua carcaça, temos uma solução que vale bem a pena ter em conta, se procurarmos um par de auscultadores que faça um bom serviço nas nossas sessões de gaming.

A promessa é simples, basta fazer plug and play e começar a usar. Com a sua ligação de 3.5mm, os Carus GXT 323 são virtualmente compatíveis com todos os equipamentos áudio com uma porta áudio normal, seja um smartphone, tablet, PCs e consolas, com os seus comandos a servirem de fonte. Além dessa ligação, os Carus GXT 323 incluem ainda um adaptador que divide a entrada e a saída de áudio para placas de áudio de PC que tenham linha de entrada independente.

trust carus gxt 323 review echo boomer 2

O switch On/Off do microfone é um bom toque, no entanto, apresenta-se um pouco escondido nas primeiras utilizações, pregando o susto de que o microfone não estava a funcionar quando tentei usar os Carus GXT 323 em sessões online. Afinal, estava apenas desligado por defeito.

Maleaval, mas não destacável, a qualidade de áudio do microfone é a ideal para conversas casuais, e o seu alcance permite que não o tenhamos em cima da boca para que nos ouçam do outro lado. Já para streaming e produção de conteúdos, esta poderá não ser a melhor solução.

Quanto aos auscultadores em si, que contam com drivers de 50mm, a qualidade de áudio é muito melhor do que se poderia esperar deste equipamento. Apesar do foco “Gaming” e da promessa de “graves intensos”, o perfil de áudio usado é bastante neutro e não exagera nos baixos como a maioria dos equipamentos do género, o que nos dá espaço para melhores ajustes e equalizações, se assim o entendermos. Não inclui extras como capacidade surround, mas faz um bom trabalho da distribuição espacial, especialmente em uso de jogos compatíveis com Dolby Atmos para auscultadores ou através do audio 3D da PlayStation 5 via Dualsense.

Infelizmente, qualquer tentativa de imersão em jogos acaba por ser limitada pela ergonomia do headset, que não faz a pressão suficiente na cabeça, e as suas almofadas não isolam por completo o ruído exterior. Apesar de serem relativamente confortáveis e surpreendentemente leves na prática, a sensação de termos um produto budget faz-se sentir e pode prejudicar a experiência.

trust carus gxt 323 review echo boomer 3

Ainda assim, por 39,99€, os Carus GXT 323 não escondem o que são e cumprem a promessa para os utilizadores menos exigentes, com uma solução acessível e extremamente versátil.

Este dispositivo foi cedido para análise pela Trust.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

A super webcam da Trust, a IRIS, já chegou a Portugal

A nova solução empresarial e de trabalho já pode ser adquirida por 799€.

Sony lança edição limitada dos seus auscultadores sem fios WH-1000XM4

Os populares auscultadores da Sony, chegam agora em tons de branco.

Análise – Creative Stage V2

Uma barra de som com um subwoffer dedicado que, em conjunto, podem fazer maravilhas para quem tem televisores mais antigos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Época balnear 2021. Eis as regras definidas pelo Governo

Comer bolas de Berlim? Sim. Mas jogar raquetes não é permitido.

Museu da Lourinhã ganha versão digital com a ajuda da Vodafone

O Museu Digital da Lourinhã dispõe, a partir de hoje, de um conjunto de soluções de Realidade Virtual.

Santuário do Cabo Espichel transforma-se em projeto com vocação turística

O imóvel está classificado de interesse público desde 1950, beneficiando, ainda, de uma Zona Especial de Proteção.