Análise – Amiro R5 Robotic Vacuum Cleaner

Aspira (bem), lava o chão e não tem dificuldades com carpetes e outros pisos. Que mais podemos pedir?

- Publicidade -

O Amiro R5 Robotic Vacuum Cleaner chegou ao mercado para suplantar muitos congéneres seus. Embora se apresente com funcionalidades idênticas às de outros robôs aspiradores topo de gama, tais como navegação inteligente e controlo remoto por voz, a verdade é que, sendo um aparelho sóbrio mas fiável, o Amiro R5 é mais do que um aspirador; é um robô que assume funções de limpeza dois em um, integrando um eficaz programa de aspiração de piso seco e uma modalidade de lavagem com mopa. Esta aposta da marca não desilude ao apresentar um dispositivo com elevado grau de eficiência e muito bom desempenho.

Para começar trata-se de um robô com uma excelente autonomia de bateria, com nada mais nada menos que 180 minutos, tempo suficiente para aspirar um apartamento de média/grande dimensão ou moradia duas ou três vezes na semana. Depois, apresenta-se numa potência de 2200Pa de poder de sucção, o que é bastante bom, se considerarmos a heterogeneidade de superfícies que uma habitação hoje em dia apresenta: piso cerâmico, vinílico ou em madeira, além do comum parquet e dos tapetes e carpetes frequentemente utilizados para fins decorativos e de conforto. Este aspirador adapta-se sem problemas a qualquer um deles. Exibe, também, um ótimo depósito de detritos com capacidade de 680 ml, além de um depósito de água para limpeza, de 230 ml. Traz um filtro extra, uma mopa, o aplicador da mopa, um carregador, uma docking station (estação de carga), não pesando mais do que 3,4 kg. Por fim, mas não menos importante, conta com uma apurada tecnologia a laser que permite o fácil rastreamento e mapeamento da planta habitacional, mapa esse que fica guardado na app dedicada, que, à semelhança de outros robôs no mercado, é imprescindível para retirar todo o potencial do Amiro R5.

O utilizador começa por instalar a aplicação Amiro e, depois de assegurada a conectividade, pode de imediato começar a aceder às funcionalidades do aparelho. Experimentámo-lo e foi rápida e fácil a ligação à rede, pressionando simultaneamente os botões “home” e “power”. A partir daqui, além do mapeamento, foi possível definir e agendar tarefas, organizar horários e escolher zonas de limpeza específicas ou optar pela aspiração por divisões (aconselha-se que cada divisão seja identificada por um nome – quarto1, quarto 2, etc -, para que a programação da limpeza seja mais rápida e fácil).

Basicamente, tudo o que faz, fá-lo muito bem, ainda que possa ser necessário um aspirador vertical, por exemplo, para chegar a zonas mais complicadas. Mas este é um “problema” de praticamente todos os robôs aspiradores, devido ao seu formato. Em todo o caso, não tenho quaisquer razões de queixa deste equipamento, ficando tudo bem aspirado quando começa a trabalhar. Já o seu depósito de detritos, por ter uma capacidade de 680 ml, só necessitará de ser despejado após algumas utilizações. Uma manutenção rápida e fácil.

É também possível, sem problema de maior, definir áreas restritas ou assinalar paredes virtuais, se necessário, para que o Amiro R5 não transponha zonas perigosas ou obstáculos potencialmente danificadores da sua estrutura (não convém, por exemplo, deixar que o sensor que se situa no topo do aparelho fique preso em móveis demasiado baixos, em traves invisíveis de sofás, etc).

Por outro lado, o aparelho vem programado em alemão, o que não chega a constituir um problema, pois basta escolher outro idioma nas configurações que se adapte mais ao utilizador. Uma vez que o português, infelizmente, está excluído do leque idiomático da maioria destes dispositivos de origem estrangeira, optámos pelo inglês.

Mas convém sublinhar um dos pontos fortes a referir no Amiro R5, que é a lavagem de carpetes. Dotado de uma mopa de fibra macia, que se aplica a uma peça semicircular que encaixa na parte inferior do robô e de um recipiente de água para lavagem de piso que é por sua vez encaixado no interior do aparelho, o Amiro R5 comporta-se na perfeição. Pode-se optar por uma lavagem direta de piso muito sujo ou, se preferir, aplicar a mopa após ter efetuado a aspiração, higienizando assim o chão perfeitamente.

O equipamento vem munido de um comando e duas escovas laterais sobresselentes, muito fáceis de colocar. A base de carregamento não é tem a particularidade de não ser de encaixe, como nos robôs convencionais, com a sobreposição do aparelho à base, mas sim por contacto lateral do robô com o carregador. É de notar que o Amiro, ao contrário de outros congéneres que também experimentámos, encontra a sua estação de carregamento muito facilmente. Mesmo que tenham de interromper uma tarefa para recarregar a bateria, uma vez concluído o carregamento o dispositivo regressa ao trabalho, retomando-o no ponto onde tinha ficado.

Portanto, apesar de apresentar especificações funcionais semelhantes à de outros robôs aspiradores, o Amiro R5 merece um crédito especial pelo seu elevado desempenho e grau de eficiência. Além disso, e tendo em conta o seu preço abaixo dos 300€ (excluindo portes de envio), não podemos deixar de recomendar a sua aquisição.

Recomendado

Este dispositivo foi cedido para cobertura pela Amiro.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Análise – eufy RoboVac X8 Hybrid

Com imenso poder, o eufy RoboVac X8 Hybrid é um 2-em-1 eficiente que vai deixar a vossa casa bem mais limpa.

Análise – Robô aspirador Tesvor S4

Um produto com um preço modesto e que, como tal, traz os seus problemas quando metemos o Tesvor S4 em funcionamento.

Pré-venda do Xiaomi Mi 11 em Portugal dá direito a um robô aspirador

Uma oferta que custa 249,99€ no site oficial.

Análise – iRobot i7+

Um kit que vale a pena principalmente devido à base de limpeza.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Galp Smart Store. Nesta loja não existem caixas de pagamento (nem funcionários)

A smart store da Galp está localizada na área de serviço Gago Coutinho e vai estar aberta ao público 24 horas/7 dias a partir de junho.

Grupo espanhol investe 38 milhões de euros em projeto de hidrogénio verde na zona industrial da Tocha

Grupo espanhol investe 38 milhões de euros em projeto de hidrogénio verde na zona industrial da Tocha

Feira Internacional do Artesanato de regresso a Lisboa

Três pavilhões diferentes, num total de 30 000 m² de área expositiva.