Análise – New Gundam Breaker

New Gundam Breaker marca a chegada da série Gundam Breaker ao ocidente pela primeira vez, com destino marcado na PlayStation 4.

- Publicidade -

Após Gundam Breaker 3, considerado o melhor jogo pelos fãs, este podia ser o quarto jogo da saga , fazendo justiça à fasquia agora elevada. Mas a Crafts & Meister, produtora deste jogo, decidiu ir no caminho errado, fazendo um jogo desinspirado, cliché e desajustado.

Em New Gundam Breaker somos atirados para um mundo bem anime e que pouco nos faz pensar em mechas com escudos e canhões laser. O jogo passa-se basicamente numa escola, onde usamos um sistema de realidade virtual para controlar brinquedos robot chamados Gunplas e mostrarmos que somos os melhores da nossa terra, ao mesmo tempo que impressionamos as nossas colegas de turma. É ridículo, parvo, mas algo hilariante. Contudo, aproxima-se bastante do conceito do anime Gundam Build, com toda a questão competitiva entre jovens.

41348772270 355b31b850 o

Quando a produtora Crafts & Meister tinha ao seu dispor o motor de jogo Unreal Engine 4, poderia optar por fazer maravilhas, mas, para contar a história de New Gundam Breaker, escolheu um estilo de visual novel, onde nos são apresentadas as personagens, conflitos e missões seguintes.

Quando somos atirados para o jogo há coisas bastante boas, sendo uma delas os seus visuais. Não são os melhores que já vimos, mas neste jogo controlamos figuras de ação, ou seja, brinquedos, e a apresentação destes robôs em miniatura está muito bem conseguida. Desde os materiais de plástico usados em cada um, ao sistema de iluminação realista, aos fundos de salas de aulas, oficinas didáticas e mundos exteriores extremamente realistas. O jogo também faz um trabalho interessante na perspetiva do jogo que reflete a escala de pequenez nestes mundos.

Em New Gundam Breaker vamos poder ter connosco mais dois aliados com o objetivo de fazermos mais pontos que outras duas equipas de três jogadores. Para ganhar pontos só temos que ir a sítios específicos do mapa, apanhar itens ou limpar a zona de inimigos.

Uma das funções mais interessantes deste jogo é a capacidade de podermos perder peças e apanhá-las durante a batalha, ou, até, partes de inimigos para equipar logo no momento. Por vezes, podemos acabar uma partida com um Gunpla basicamente diferente do inicial e, teoricamente, tornando-nos mais ou menos fortes consoante essas partes. No entanto, esta mecânica anula a possibilidade de personalização dos nossos robôs antes de cada partida, onde podemos mudar as partes, as armas e ir para o combate com algo mesmo único.

42440956254 ac73f20f92 o

Infelizmente, o jogo não evolve muito mais do que isto, e, ao fim de muitas horas de jogo, o sentimento de progressão ou de novidade no combate e tipo de objetivos é quase nulo.

Mas se há algo de altamente destrutivo em New Gundam Breaker é mesmo o seu pobre sistema de combate aliado ao desempenho do jogo na PlayStation 4.

New Gundam Breaker tem uma jogabilidade horrível. Os controlos são bem mais simples do que o tutorial inicial nos tenta mostrar e joga-se como um hack and slash, contudo, tem sérios problemas de resposta e pequenos pormenores que são errados.

O tempo de resposta entre carregar um botão e ver a ação acontecer no ecrã está longe do ideal e controlar os Gunplas assemelha-se mais a controlar um tanque do que um brinquedo. É lento e frustrante.

Há também o pormenor dos saltos duplos que se podem executar se ficarmos a pressionar algum tempo no comando, mas, em conjunto com o atraso de tempo de resposta, torna-se quase impossível de utilizar.

41348771990 7290004b40 o

Depois temos a performance de jogo inconsistente que flutua com regularidade tornando o jogo, por vezes, muito fluido, ou, então, muito lento, com quebras visíveis. Junta-se tudo e isto acaba por tornar-se um enorme problema em situações caóticas e aumenta a imprecisão de ataques, tornando o jogo difícil, quando deveria de ser fácil.

New Gundam Breaker é um mau jogo. Mesmo excluindo a sua estranha apresentação geral e o estranho conceito que recorre a clichés irritantes durante a campanha com a sua visual novel, New Gundam Breaker joga-se muito mal e não oferece objetivos que nos motivem a jogar mais uma partida.

New Gundam Breakers está disponível para PlayStation 4.

New Gundam Breaker
Nota: 3/10

Este jogo foi cedido para análise pela Bandai Namco.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Junta-te à luta na fase experimental do multijogador de Halo Infinite

Podes ser um dos primeiros a jogar Halo Infinite já este verão.

Back 4 Blood mostra as vantagens da versão PC no novo trailer

O novo jogo de sobrevivência da Turtle Rock Studios promete ser completamente otimizado para os PCs mais modernos.

Ghostwire: Tokyo empurrado para 2022

O jogo de ação sobrenatural da Tango Gameworks ganha uma nova janela de lançamento.

O Hydro X Series XD7 RGB é a nova solução de refrigeração líquida da Corsair

Porque o desempenho pode ser acompanhado com estilo.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Miniso abre segunda loja em Portugal, desta vez na Póvoa de Varzim

Esta é somente o segundo espaço de um total de 20 que a marca quer abrir no país.

Ghost of Tsushima: Legends recebe versão em separado e um novo modo de jogo

As Lendas do mundo de Ghost of Tsushima partem numa viagem a solo.

Batarda’s. O novo spot de Cascais tem brunchs, pizzas e bolos, tudo sem glúten

Há também opções para vegetarianos, vegan e intolerantes à lactose.