Análise – Coluna Sony SRS-XB10

Faça sol ou faça chuva, nada para a malta ativa. A pensar no utilizador que gosta de ouvir música em todo o lado de forma livre e descontraída, a Sony tem uma solução fantástica: a coluna Bluetooth portátil SRS-XB10.

A SRS-XB10 é uma coluna ultra-compacta em forma de lata de refrigerante. Faz parte da série Extra-Bass da Sony, sendo a mais pequena e, provavelmente, a mais versátil.

O modelo recebido apresentava-se com uma cor avermelhada e, ao pegar nele, sentimos de imediato que estávamos perante um produto bastante sólido, resistente e com uma boa qualidade de construção. A SRS-XB10 é totalmente revestida em borracha e tem a vantagem de ser resistente à água, querendo isto dizer que podemos levá-la para (quase) todo o lado.

Dado o seu aspeto e manuseamento, podíamos pensar em levá-la para um dia de praia, mas reparámos que, apesar da sua resistência à água, não quer dizer que seja à prova da mesma ou resistente a pequenos grãos de areia que possam entrar na parte inferior da coluna. Dito isto, não queremos retirar a sua portabilidade, mas convém pensar duas vezes.

Os seus controlos estão embutidos no próprio corpo da coluna, estando bem identificados, mas às vezes não são fáceis de clicar. As opções apresentadas são as básicas: ligar, desligar, controlo das músicas e de volume e de sincronização.

A nível de ligações temos o Bluetooth, no qual reparámos alguma dificuldade em ligar de imediato aos nossos dispositivos, o sistema NFC que facilita a ligação Bluetooth apenas por aproximação depois da sua sincronização, e por fim, as ligações físicas na sua traseira, onde encontramos a porta USB e um Jack Stereo de 3.5mm.

Quanto ao som, ficámos impressionados. Ao ligarmos a coluna, sentimos uma grande envolvência sonora e um alcance enorme. A pequena coluna consegue-se ouvir numa casa inteira e é capaz de se destacar numa sala cheia de pessoas à conversa. É especialmente impressionante se pensarmos que esta coluna é mono, algo que pode ser melhorado ao ligar outra SRS-XB10.

O alcance sem fios é, também, bastante positivo, sendo possível afastarmo-nos cerca de 10 metros e, em certas situações, ir para uma divisão diferente. Já a vida da bateria, apesar de não nos ter chegado às 16 horas como prometido, é longa o suficiente para usar um dia inteiro fora de casa… ou longe de uma fonte de alimentação.

A pequena SRS-XB10 impressiona em quase tudo. O som é excelente, a qualidade de construção é sólida, os controlos são simples, mas, como em tudo, existe sempre um senão. Embora não sendo perfeita, é uma excelente proposta de “boombox”. Da nossa parte leva selo de recomendada!

A Sony SRS-XB10 encontra-se à venda por um preço recomendado de 59€.

nota 4

O equipamento foi cedido para análise pela Sony.

Segue-nos nas redes sociais no FacebookTwitter e Instagram.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,473FansCurti
4,051SeguidoresSeguir
536SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -

Mais Recentes

Digimon Adventure Reboot volta a ser exibido no Japão

Quer isto dizer que, mais perto do final do mês, já teremos um novo episódio.

Lovecraft Country estreia em agosto na HBO Portugal

Lovecraft Country acontece durante o Jim Crow South, na década de 50, após o protagonista, Atticus Black, partir numa viagem à procura do seu pai desaparecido.

Salas de cinema do UCI Arrábida 20 voltam a funcionar a 8 de junho

Já os cinemas da zona de Lisboa continuam sem data prevista para a reabertura.