Análise – Valco NL21 TWS

O foco continua a ser o som e aí não há muito a apontar. Contudo, não é o produto com o mesmo grau de exigência e cuidado que os seus antecessores.

- Publicidade -

Bom filho a casa torna e, em menos de dois anos, é a 4ª vez que fico encarregue de testar um produto da Valco, sendo igualmente o 4º produto que a marca lança no mercado. Quem já leu as minhas análises anteriores decerto terá uma ideia da qualidade geral dos produtos desta jovem marca. Como tal, a estranheza em aceitar que a Valco tem, de facto, muito potencial, deve estar a dissipar-se por esta altura.

Após dois auscultadores e uma coluna, a marca finlandesa rompe outra barreira no mercado de dispositivos de áudio e lança os seus primeiros auriculares sem fios, os Valco NL21 TWS, que chegam para aumentar um portfólio que começa a adensar.

Após algumas horas de teste, chego à conclusão que o som balanceia entre o bom e o humilde. Bom para a reprodução musical, mas abaixo das expectativas para chamadas. A somar a essa debilidade, o poderio do microfone na captação de som também não é o melhor. Posto isto, se procuram uns auriculares sem fios com o objetivo de fazer um uso híbrido entre música e chamadas, não aconselho este produto. A própria marca refere essa problemática no site oficial, alegando que não está satisfeita com a otimização dos NL21 para chamadas, logo há que dar um ponto extra pela honestidade – não vemos muitas marcas a assumir debilidades, muito menos a referi-las abertamente.

Mais uma vez, das mãos (e ouvidos) do “sound guru Jasse the Magnificent” sai um produto otimizado a nível sonoro. Por isso, caso procurem uns auriculares cujo propósito principal é ouvir música, aconselho estes Valco NL21 TWS. A autonomia da bateria dos auriculares joga a favor do utilizador, providenciando até sete horas e meia de reprodução e a da caixa permite carregá-los mais de três vezes. O tempo de carga da caixa ronda as duas horas, quando os auriculares demoram uma hora e meia.

As outras características do produto são mais standard, como Bluetooth 5.0 com alcance de 10 metros, classificação waterproof IPX6 e suporte de voz (Siri, Alexa, etc). Infelizmente, a marca não disponibiliza outros detalhes mais técnicos de forma a perceber melhor o que está por detrás do funcionamento destes auriculares, ainda que o som seja cristalino e a sensação de balanceamento com os baixos esteja bem conseguida.

No que toca à construção e estética, sabemos que foi concebida por uma equipa externa, sub-contratada, mas não impressionou (de todo). A começar na caixa de carregamento, o design não me incomoda nem me satisfaz, mas os materiais têm um aspeto frágil (mesmo que não sejam) e há folgas que denunciam a falta de brio da Valco e de exigência com os seus “fornecedores”. Em contrapartida, os auriculares têm um aspeto mais robusto, a sensação é agradável e cumprem com o exigido a nível de conforto, apesar de não achar o controlo por toque na lateral dos auriculares muito bem conseguido. Já a experiência que se prende com o embalamento não me deixou rendido desta vez, apesar do manual de instruções estar genial como sempre.

O veredito final é positivo, mas, ao fim de dois produtos consecutivos com selo de recomendado, a Valco quebra a sequência gloriosa e fica um pouco aquém. Apesar disso, é preciso ter em conta que foi a primeira experiência da marca com um aparelho de reprodução sonoro de pequenas dimensões que, de qualquer das formas, está acima de muitos produtos de marcas de renome ou já estabelecidas. Na minha opinião, o futuro continua a ser sorridente para a Valco.

Os Valco NL21 TWS podem ser adquiridos no site oficial da marca por 69€.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Microfone Fifine K658 – O go-to se queres começar no mundo do streaming ou podcasts

É o microfone que precisas para fazer o teu podcast andar para a frente, até porque de lado não capta bem o áudio.

Gravastar Mars Pro – Uma coluna de outro mundo

Podia ser mais estilo do que substância, mas a Gravastar apresenta aqui algo excecionalmente único.

Análise – Sony Pulse 3D Midnight Black

Fez no passado mês de novembro um ano desde que a PlayStation 5 chegou ao mercado. Com ela vieram também os primeiros acessórios, entre eles os Sony Pulse 3D, que recentemente tiveram um “relançamento” numa nova cor.

Análise – Jabra Evolve2 30

Forma e função num par de auscultadores destinado a quem passa muito tempo a trabalhar em frente ao PC.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Galp Smart Store. Nesta loja não existem caixas de pagamento (nem funcionários)

A smart store da Galp está localizada na área de serviço Gago Coutinho e vai estar aberta ao público 24 horas/7 dias a partir de junho.

Grupo espanhol investe 38 milhões de euros em projeto de hidrogénio verde na zona industrial da Tocha

Grupo espanhol investe 38 milhões de euros em projeto de hidrogénio verde na zona industrial da Tocha

Feira Internacional do Artesanato de regresso a Lisboa

Três pavilhões diferentes, num total de 30 000 m² de área expositiva.