Almada passa a contar com um Centro Integrado de Respostas de Saúde e Sociais

- Publicidade -

É também no local que acontecerá a primeira consulta descentralizada de profilaxia pré-exposição (PrEP) do país.

Almada acaba de inaugurar o Centro Integrado de Respostas de Saúde e Sociais (CIRSS), que pretende reforçar a resposta complementar aos serviços de saúde já existentes, quer em meio comunitário, quer no contexto das estruturas públicas de saúde no concelho, promovendo a prevenção, rastreio, acesso e retenção em tratamento das pessoas que vivem com VIH, hepatites virais e outras Infeções Sexualmente Transmissíveis (IST).

No CIRSS, as respostas serão centradas na pessoa, mediante avaliação das suas necessidades de saúde e sociais, bem como para aquisição de estratégias e competências com vista à autonomia e melhoria da sua qualidade de vida.

Instalado no Edifício Luís de Camões, no Laranjeiro, espaço disponibilizado pela Administração Regional de Saúde Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), o Centro Integrado de Respostas de Saúde e Sociais do concelho de Almada terá a primeira consulta descentralizada de profilaxia pré-exposição (PrEP) do país, implementada pelo Hospital Garcia de Orta (HGO). Esta consulta, de prevenção da infeção, demonstrou ter um impacto muito importante na redução da incidência de VIH.

O HGO implementará também no CIRSS uma consulta descentralizada para o tratamento hepatites víricas, disponibilizando um infeciologista, oito horas por semana, assegurando a realização de exames auxiliares de diagnóstico e a cedência de medicação de uso exclusivo hospitalar prescritos no âmbito da consulta.

O Centro Integrado de Respostas de Saúde e Sociais disponibiliza:

  • Serviço de rastreio: testes rápidos do VIH, hepatite C, hepatite B e sífilis (serviço gratuito e anónimo, também disponível para a população em geral);
  • Prestação de cuidados de saúde: consulta médica e de enfermagem, apoio na medicação, referenciação para as consultas especializadas do SNS;
  • Apoio social para avaliação das necessidades da pessoa ao nível social (situação financeira, habitação, emprego, questões jurídico-legais, documentação, entre outras), referenciação e encaminhamento para estruturas relevantes – realizado por uma técnica de serviço social;
  • Apoio por pares: acompanhamento das pessoas rastreadas com resultados reativos às consultas médicas da especialidade e serviços de apoio social e jurídico-legal, entre outros; partilha de conhecimento/educação para saúde na área do VIH, hepatites virais e infeções relacionadas, funcionamento e navegação nas estruturas hospitalares; direitos e deveres sociais; aconselhamento e promoção da autonomia da pessoa que vive com VIH em aceder aos cuidados de saúde e de resposta social bem como contribuir para a tomada de decisões informadas;
  • Distribuição de material de prevenção de IST: preservativos femininos, preservativos masculinos e lubrificante;
  • Distribuição de material para consumo fumado e injetado;
  • Distribuição de material informativo.

O CIRSS estará a funcionar às quartas-feiras, das 9h às 17h30, e às quintas e sextas, das 14h às 20h. Para qualquer questão, podem ligar para o 910 250 553 ou enviar um email.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes