Alguns dos criadores de Disco Elysium abandonaram a sequela

- Publicidade -

Disco Elysium 2 enfrenta contratempos, agora que perdeu os escritores e designers principais.

Numa breve publicação via Medium, Martin Luiga, escritor para a ZA/UM, responsável por entregar um dos jogos mais aclamados dos últimos anos, Disco Elysium, releva a “dissolução da ZA/UM Cultural Assossiation”.

Sequndo Luiga, isto acontece com a sua saída, acompanhado pelo escritor e designer Robert Kurtiz, a escritora Helen Hidnpere e o diretor de arte Aleksander Rostov.

Na publicação, Luiga explica que os quatro estavam a trabalhar no novo projeto desde o final do ano passado e que, agora, a sua saída foi involuntária.

De notar que a ZA/UM Cultural Assossiation é distinta da ZA/UM enquanto produtora, apesar de partilharem membros, o que significa que existe uma equipa a trabalhar num novo projeto, mas, sem alguns dos seus membros mais importantes, o processo de uma sequela poderá ser complicado. De acordo com Luiga, a sequela está em estado embrionário, que irá demorar imenso tempo até sair, mas que o progresso até este momento foi bom.

Disco Elysium, lançado em 2019, é um dos jogos mais aclamados dos últimos tempos. É um RPG de investigação com foco narrativo, que se distingue pela sua incrível arte e escrita, e por uma história provocadora. Pode ser jogado no PC e consolas.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes