A retrocompatibilidade da Xbox Series X promete

Não só vamos poder jogar títulos antigos, como vão ficar melhores do que nunca.

Xbox Series X

São promessas ambiciosas, mas nós acreditamos. Num novo artigo do blog oficial da Xbox, Jason Ronald, Director of Program Management para a Xbox Series X, aproveitou para partilhar novas informações sobre o plano de retrocompatibilidade da próxima consola da Microsoft.

Este aspeto, que já é aplaudido pela forma como alguns jogos da Xbox Original e da Xbox 360 correm na Xbox One X, prepara-se para elevar a experiência na próxima geração. E não é só com jogos mais antigos, mas também com títulos da geração atual.

Este programa de retrocompatibiliade, segundo Ronald, vai continuar na Xbox Series X por várias razões, como a preservação do legado do ecossistema Xbox e da necessidade de preservar jogos e experiências ao longo de gerações, que podem ser facilmente reproduzidas numa máquina atual, e porque faz todo o sentido continuar o trabalho desenvolvido para aumentar o catálogo de títulos disponíveis.

Assim, é garantido que vamos ter muitos jogos na Xbox Series X. Sejam novos e antigos, vão estar prontos para serem jogados apenas numa máquina. Mas o mais interessante é a forma como estes títulos vão ser apresentados.

Segundo o artigo, as capacidades da nova máquina, com CPUs e GPUs poderosos e um SSD super-rápido, vão fazer com que todos os jogos compatíveis corram ao limite da sua performance, sem qualquer truque, na melhor resolução possível, na melhor qualidade de imagem possível e nos melhores framerates possíveis.

Desta forma, podemos esperar que jogos com mais de 20 anos, da Xbox original e da Xbox 360, possam correr a resoluções até 4K e com atualizações significativas de framerate, como por exemplo jogos que passam de 30fps para 60fps ou de 60fps para 120fps.

Outro ponto de destaque nestas atualizações, que muitas das vezes surgem apenas em relançamentos de jogos em forma de remasterizações, é a implementação de HDR em jogos antigos, que será feita de forma automática, sem qualquer impacto no desempenho.

Também de realçar é uma das capacidades já reveladas aquando do conhecimento das características internas das consolas, que é o suporte do Quick Resume, que vai permitir que a consola guarde o progresso dos jogos num determinado momento e seja possível trocar de título, de imediato, sem ter que regressar a menus e passar por processos de loading. Uma função que vai também funcionar com os jogos mais antigos.

A lista completa de títulos retrocompatíveis não é, para já, conhecida, e certamente que não será divulgada até a Xbox Series X chegar às lojas este Natal. Porém, e a julgar pela oferta atual na Xbox One X e na forma como o programa foi evoluindo esta geração, não há dúvidas que o futuro do passado é promissor.

Fonte:Xbox

Sigam-nos

10,846FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Nova campanha do moey! dá cashback caso sejam clientes MOCHE

Uma campanha que serve tanto para clientes atuais moey! como para quem ainda não tem conta.

Ghostrunner salta para a nova geração de consolas em 2021

Com atualização gratuita para quem começar a correr nas consolas atuais.