Realizados 311 festivais de música em Portugal em 2018

- Publicidade -

É um novo número recorde face ao mesmo período do ano passado. Se em 2017 realizaram-se 272 festivais, este ano houve um aumento de 14,3%, totalizando 311 festivais de música concretizados no nosso país.

A generalidade destes eventos espalhou-se no tempo, com mais de 50% a terem decorrido de 15 de junho a 15 de setembro, em que as condições atmosféricas são as mais propícias para que aconteçam.

Para esta contabilização por parte da Aporfest – Associação Portuguesa de Festivais de Música, foram apenas considerados festivais em que o cerne da sua ação fosse exclusivamente a música ou a música fosse a expressão artística por pelo 2/3 da sua programação cultural.

Este ano, verificou-se também que houve um maior budget para a implementação de novas iniciativas ligadas à sustentabilidade (democratização copos reutilizáveis; utilização água potável; painéis solares) e a novas tecnologias (cashless; acessos bilhética).

Nos números divulgados, existiram apenas três cancelamentos após o anúncio de datas ou lançamento de artistas para o alinhamento e a ocorrência de incidentes graves foi praticamente nula. Foi também notado um aumento do número de festivais pagos.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Grande Prémio de França – P1 para Max Verstappen e dois Mercedes no pódio

De volta ao circuito Paul Ricard para a edição de 2022 do Grande Prémio de França, os Ferrari pareciam fortes tendo em conta a forma apresentada durante os treinos e qualificação...

Fórmula 1 – Grande Prémio da Áustria foi agridoce para a Ferrari

A Ferrari acertou na estratégia e preparava-se para subir aos dois lugares mais altos do pódio do Grande Prémio da Áustria quando o motor do Ferrari de Carlos Sainz cedeu à batalha com Max Verstappen, o espanhol acabou com o carro em chamas e Max quase que conseguia segurar o primeiro lugar depois de alguns problemas assombrarem também o carro de Charles Leclerc.

Fórmula 1 – O Grande Prémio de Inglaterra foi dos melhores do ano

Fórmula 1 deveria ser sinónimo de emoção. Mas a verdade é que nem sempre é assim, alguns Grandes Prémios podem mesmo ter partes aborrecidas em que a ação em pista não acontece. O Grande Prémio de Inglaterra foi o oposto: emoção da primeira à última volta que resultou no melhor Grande Prémio deste ano, uma corrida que a única coisa que teve de negativo foi o acidente ao na primeira volta. Felizmente Zhou Guanyu está bem e fica apenas para a história como um susto.

Top 5 dos festivais de música por descobrir este verão em Portugal

E já que vão assistir a concertos, podem perfeitamente ir vestidos a vigor.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Novo Saw oficialmente confirmado para outubro de 2023

O jogo que tem vindo a ser jogado há quase 20 anos continua no próximo ano.

Modigliani: 25 anos depois, Johnny Depp volta a realizar um filme

A produção de Modigliani vai ficar a cargo de Al Pacino.