Há 176 centros de saúde em Portugal a funcionar com horário alargado ou complementar

- Publicidade -

Para melhor atendimento e aconselhamento, reforça-se a importância de ligar em primeiro lugar para o SNS 24.

De norte a sul do país, são 176 os centros de saúde a funcionar com horários de atendimento alargado (dias úteis) ou complementar (fim-de-semana e feriados), disponibilizando uma resposta de proximidade à comunidade em situações de saúde não emergente. Esta adaptação da capacidade ao nível dos cuidados de saúde primários pretende responder a uma maior procura da população nos meses de outono/ inverno e diminuir a procura dos serviços de urgência em situações não emergentes.

Como previsto no Plano Estratégico do Ministério da Saúde para a Resposta Sazonal em Saúde – inverno 2022-2023, apresentado publicamente esta semana, o Ministério da Saúde informa que os locais com atendimento alargado ou complementar foram já atualizados na área dedicada ao Plano de Inverno no Portal do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Esta atualização será feita regularmente, para permitir um melhor conhecimento e colaboração de todos os utentes e suas famílias no uso adequado dos serviços de saúde.

Para melhor atendimento e aconselhamento, reforça-se a importância de ligar em primeiro lugar para o SNS 24 (808242424), para uma triagem e encaminhamento adequado de cada situação, para uma resposta mais célere e também para o melhor planeamento da atividade do SNS.

Está também em curso a operacionalização da Via Verde ACeS nos Serviços de Urgência (SU), existindo já protocolo celebrado com 24 Agrupamentos de Centros de Saúde (ACeS), de um total de 55, em articulação com unidades hospitalares. Esta resposta permite que os utentes triados como não urgentes – ou seja, pulseira branca, azul ou verde – sejam encaminhados dos hospitais para os centros de saúde, com data e hora previamente definidas, sendo atendidos, no máximo, em 24 horas. A aceitação da referenciação para os centros de saúde isenta os utentes do pagamento das taxas moderadoras.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes