13ª Festa do Cinema Italiano vai apresentar mais de 50 filmes

Ainda no outro dia falámos deste festival, embora não tivéssemos muitos detalhes sobre a programação. Agora, sabemos que, ao longo de mais de 10 cidades, a 13ª Festa do Cinema Italiano irá apresentar mais de 50 filmes.

- Publicidade -

Tendo o cinema como protagonista – com antestreias nacionais, retrospetivas e presenças de atores e realizadores italianos -, haverá, igualmente, espaço para a fotografia, arquitetura, gastronomia e até para a realidade virtual, uma das novidades deste ano.

Entre os destaques da programação, um dos filmes mais esperados é, claro, Pinocchio (Pinóquio), de Matteo Garrone, com Roberto Benigni. É o filme de abertura de 13ª Festa do Cinema Italiano e será exibido no dia 1 de abril, em Lisboa, no Cinema São Jorge, e no Porto, no Cinema Trindade.

No que toca à sessão de encerramento, fica a cargo de Gli anni più belli (As Coisas que nos Fazem Felizes), melodrama de Gabriele Muccino que poderá ser visto no dia 9 de abril no Cinema São Jorge, em Lisboa.

Além destes dois, existem ainda mais antestreias, como La mafia non è più quella di una volta (Era uma vez a Máfia), de Franco Maresco, que surgirá acompanhado da exposição fotógrafia Mafia, Passione…. Amore, de Letizia Battaglia; Martin Eden, de Pietro Marcello; Momenti di transcurabile felicità, de Daniele Luchetti; e L’uomo del labirinto, de Donato Carrisi e que conta com Toni Servillo e Dustin Hoffman como protagonistas.

Destaque ainda para a chegada a Portugal do filme Tolo Tolo, de Checco Zalone, filme que teve um sucesso estrondoso em Itália.

Em relação à competição, são cinco as obras selecionadas: Sole, de Carlo Sironi; Magari, de Ginevra Elkann; 5 è il numero perfetto, de Igor Tuveri; Nevia, de Nunzia de Stefano; e Butterfly, documentário de Alessandro Cassigoli e Casey Kauffman.

Este ano, o festival presta homenagem a Federico Fellini, um dos ícones italianos mais influentes do mundo, cujo centenário do nascimento é comemorado este ano.

Neste sentido, a Festa do Cinema Italiano associa-se a este movimento, organizando Fellini 100, em colaboração com a Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema, a Risi Film, a Alambique Filmes e o Instituto Italiano de Cultura.

Mas a 13ª Festa do Cinema Italiano não se faz apenas de filmes, há também séries. São elas The New Pope II, L’amica geniale II (A Amiga Genial), Zero Zero Zero e The Staggering Girl, restando saber quantos episódios serão exibidos.

Há ainda eventos paralelos, como o já famoso Cine-Jantar, que este ano será no Mercado do Forno do Tijolo, com um jantar dedicado a Fellini e à gastronomia da sua terra natal, a Emilia- Romanha, e com a exibição do filme Amarcord, bem como uma nova secção dedicada a produções italianas de realidade virtual, no Cinema São Jorge. Será uma oportunidade para aproveitar uma verdadeira experiência cinematográfica em VR.

Quanto aos bilhetes, sabe-se que, para Lisboa, os bilhetes custam 4,5€ (bilhete normal) e 3,5€ (menos de 25 anos e maiores de 65 anos), no Cinema São Jorge e Cinemas UCI – El Corte Inglés e 3,20€ na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema. Os bilhetes para as sessões A Grande Arte no Cinema custa 10€, ao passo que os bilhetes para o concerto 4 Canções Italianas custam 10€. Há ainda cadernetas de vouchers por 20€ (cinco bilhetes) e 35€ (10 bilhetes).

A 13ª Festa do Cinema Italiano acontece de 1 a 9 de abril, em Lisboa (Cinema São Jorge, UCI El Corte Inglés, Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema), de 1 a 9 de abril, no Porto (Cinema Trindade), de 1 a 5 de abril, em Almada (Auditório Fernando Lopes Graça), de 1 a 5 de abril, em Cascais (Cinema da Villa), de 2 a 5 de abril, em Setúbal (Auditório Charlot), de 4 a 5 de abril, em Penafiel (Cinemax), 4 e 5 de abril, em Alverca do Ribatejo (TEIV – Teatro Estúdio Ildefonso Valério), de 14 a 16 de abril, em Coimbra (TAGV – Teatro Académico Gil Vicente), de 14 a 17 de abril, em Viseu (Cineclube de Viseu), de 21 a 23 de abril, em Beja (Pax Júlia Teatro Municipal), de 12 a 16 de maio, em Tomar (Cine-Teatro Paraíso), de 20 a 22 de maio, nas Caldas da Rainha (CCC – Centro Cultural de Congressos), e 21 a 24 de maio, em Loulé (Cine-Teatro Louletano), seguindo para outras cidades portuguesas a anunciar em breve.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Mortal Kombat e Nomadland entre os filmes que vão estar no cinema a partir de 19 de abril

Falta menos de uma semana para algo que os portugueses desejam há bastante tempo: a possibilidade de ver um filme no grande ecrã.

Crítica – Voyagers

Voyagers possui uma fórmula bem-sucedida de ficção científica e leva-a por um caminho de desenvolvimento desinteressante, nada surpreendente e frustrantemente genérico.

ID No Limits passa para 2022

Mais um festival sem condições para realizar-se em 2021 e que é adiado para o próximo ano.

Conhecidos os primeiros nomes para a 5ª edição do Soam As Guitarras

Decorre em maio, junho e setembro em Oeiras, Évora, Póvoa de Varzim e Setúbal.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Há uma nova Telepizza em Alcabideche

A Telepizza abre, assim, um novo espaço no município de Cascais.