10 dicas para manter a casa fresca no Verão

por Echo Boomer

Com o Verão a começar a dar um ar de sua graça, e as temperaturas cada vez mais altas, há que ter em atenção algumas dicas para manter a casa o mais respirável possível. Assim, a Thermor Portugal divulgou algumas das boas práticas a considerar no momento de manter a casa fresca. E mais importante que tudo, sem desperdiçar energia nem aumentar a sua conta ao final do mês.

1- Fechar a casa

Durante o dia, em que o ar exterior está elevado e o sol aquece todas as superfícies que toca, o melhor conselho, com ou sem ar condicionado interior, é sempre fechar janelas, estores e persianas. Esta medida impede o ar quente de entrar, conserva a temperatura interior de paredes e chão e arrefece consideravelmente as casas.

2- Fechar as portas das divisões

Isto impede que o ar fresco de uma divisão se perca para outras, deixando-as todas homogéneas de temperatura, mas quentes. Devem abrir, sim, as portas e as janelas durante o período noturno para favorecer a circulação do ar.

3- Evitar os cozinhados de forno

O forno aquece bastante uma cozinha e o seu calor demora muito tempo a passar principalmente em dias quentes. Se o ligarem para um cozinhado, este aumentará automaticamente alguns graus à vossa casa. Evitem e optem por refeições mais leves e frescas.

4- Evitar comidas pesadas e que irão exigir maior esforço na digestão

Devem, também, aumentar a vossa temperatura corporal. Bebam muitos líquidos, não façam exercício em casa nem tarefas que vos aqueçam, como passar a ferro ou aspirar.



5- Colocar toldos nas janelas e portas, estores duplos ou janelas duplas

Apostem em piso flutuante, em vez de pavimento ou mosaico, que aquecem mais e imanam mais calor. Tornem a vossa casa energeticamente eficiente.

6- Evitar fontes de calor, sejam televisores ligados, aparelhagens, computadores ou outras fontes de calor

Se não estão a usar o PC, mas precisam de o manter ligado no escritório de casa, desliguem o monitor para que, mais que ficar em standby, fique desligado. Assim fica sem produzir calor excessivo.

7- Apostar em camas menos altas e em lençóis de algodão

Nos quartos, e porque a hora de deitar é fundamental para poder recuperar energias, não se esqueçam que, como indica a física, o ar quente é mais leve e sobe. Apostem em camas menos altas, usem lençóis de algodão, arrefeçam-nos previamente se for necessário no congelador e deixem as janelas abertas, ainda que com proteção contra melgas e mosquitos ativo.

8- Verificar a posição das pás das ventoinhas

Até porque assim conseguem perceber se estão a empurrar o ar frio para baixo e o ar quente para cima.

9- Apostar na climatização

Um sistema de climatização, seja um apartamento ou uma moradia, com certificação e garantia de qualidade energética, cuidado e respeito pelo meio-ambiente e que garantem ao longo de todo o ano um conforto inigualável. Os sistemas de aerotermia são disso exemplo e uma boa prática que recorre ao recurso natural ar para fornecer energia térmica de arrefecimento (e aquecimento, para o Inverno).

10- Andar descalço e com pouca roupa

Existem multiplos beneficios de andar descalço e todos eles ajudam a arrefecer o corpo.

Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: