fbpx

Wi-Fi 6: Quais são as vantagens?

Também conhecido como “WiFi AX”, ou “802.11ax”, o Wi-Fi 6 foi concebido sobre o standard 801.11ac.

Wi-Fi 6

É cada vez mais normal hoje em dia ligarmos os nossos equipamentos à Internet. Afinal de contas, num futuro que se quer digital, a aposta na Internet of Things (IoT) é clara. Daí não admirar que, hoje em dia, já vejamos por aí casas em que todos os equipamentos, ou quase todos, conseguem ligar-se à Internet e comunicar entre si. Constrói-se ali um ecossistema, tudo para que possa facilitar a vida aos utilizador.

Porém, e quanto mais ligações, mais a qualidade da Internet decresce, ficando congestionada. Aliás, isto também pode ser problemático para aquelas situações em que, estando em casa, queremos fazer uma aposta, mas necessitamos de consultar os melhores casinos online, e, para isso, é fundamental uma boa ligação online. Sendo ou não um hobbie, é uma situação recorrente, e é sempre preferível usar o Wi-Fi ao invés dos dados móveis, que são limitados.

E foi com estas problemáticas em mente do congestionamento de rede, eficiência e rapidez que surgiu a sexta geração da tecnologia Wi-Fi. Também conhecido como “WiFi AX”, ou “802.11ax”, o Wi-Fi 6 foi concebido sobre o standard 801.11ac.

Essencialmente, a grande vantagem do Wi-Fi 6 é o facto de permitir ganhos no que toca à eficiência de rede, bem como uma gestão mais eficiente das ligações, mesmo quando a rede está muito congestionada.

Mas vejamos ao detalhe alguns dos benefícios:

  • Velocidade: Os aumentos são na ordem dos 40%. Se o Wi-Fi 5 permitia alcançar velocidades de 6,9Gbps (oito canais 160MHz 256-QAM, cada um de 866,7Mbps), o Wi-Fi 6 dá um grande salto para os 9,6 Gbps (160MHz 1024-QAM);
  • Alcance e cobertura: Além da velocidade, o alcance e cobertura é outra das grandes problemáticas do Wi-Fi 5, e é por isso que os utilizadores tendem a utilizar amplificadores de sinal. O Wi-Fi 6 promete fazer com que não seja tão necessário recorrer a esses equipamentos, trabalhando não só com as frequências 2,4GHz e 5GHz, mas também com a banda de 6GHz;
  • Eficiência: Este é um ponto mais técnico, mas fundamental. Basicamente, o Wi-Fi 6 expande a banda Wi-Fi de 80MHz a 160MHz. Na prática, isto significa que consegue proporcionar uma maior quantidade de informação, algo útil para muitos dispositivos interligados em rede;
  • Menor consumo energético: outra vantagem do Wi-Fi 6 é o facto de recorrer à tecnologia Target Wake Time (TWT). Tal permite que, por exemplo, os dispositivos ligados à Internet possam “repousar” quando não estão a ser utilizados, voltando ao máximo da capacidade assim que for necessário. Isto faz com que não só haja uma redução no consumo, mas também que a vida útil dos equipamentos dure mais tempo;
  • Gestão de muitos dispositivos: Como já demos a entender, o Wi-Fi 6 será valioso para a gestão de muitos equipamentos ligados em rede, permitindo oito transmissões disponíveis;

O melhor de tudo? Grande parte dos novos dispositivos lançados no mercado já suportam Wi-Fi 6, desde routers, smartphones, entre outros. Portanto, e são vão adquirir novos equipamentos tecnológicos em breve, não se esqueçam de verificar se são compatíveis com esta tecnologia, tornando-se à prova de futuro.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,788FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
630SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

- Publicidade -

Mais Recentes