As trotinetes e bicicletas elétricas da Jump já não voltam a Portugal

Porquê? É que a Lime adquiriu o negócio destes veículos partilhados da Uber.

da JUMP

Com o desconfinamento, os serviços de mobilidade partilhada voltaram a funcionar em Portugal. Tanto os carros da Emov como as scooters da Acciona, as trotinetes da Frog, Bird, Lime e Free Now… Mas e as trotinetes e bicicletas elétricas da JUMP? Pois, não voltarão a ver a estes veículos nas ruas portuguesas.

Se abrirem a app da Uber e selecionarem a opção “Alugar“, surge logo uma mensagem que diz o seguinte: “Vamos suspender a JUMP na sua cidade”.

Se clicarmos em “Ajuda“, depois em “JUMP Announcements” e, logo de seguida, em “Pausing JUMP“, um pequeno texto em inglês refere que, embora tenha adorado disponibilizar aos utilizadores as trotinetes e bicicletas elétricas, a Uber refere que as JUMP não estarão mais disponíveis no Brasil, Chile, México e outras cidades nos Estados Unidos, Canada e Europa, incluindo-se neste último caso as cidades portuguesas.

Contudo, a empresa refere que tal decisão não afetará nem o negócio TVDE nem o serviço de entrega e refeições da Uber Eats.

E o porquê desta decisão? É que a Lime acordou com a Uber adquirir o negócio das bicicletas e trotinetes JUMP. O acordo, divulgado em maio, somente foi possível graças a uma injeção de capital no valor de 170 milhões de dólares, algo como 151 milhões de euros. No fundo, quer isto dizer que todos os veículos estão na posse da Lime.

Portanto, caberá agora à Lime decidir o que fazer após a aquisição deste negócio, se bem que é expectável que, com tantas trotinetes e bicicletas, aproveite para expandir a presença para muitas outras cidades portuguesas.

Fonte:Lime

Sigam-nos

10,851FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Uber quer ser uma plataforma com zero emissões até 2040

Tal significa que 100% das viagens serão realizadas através de Veículos Zero Emissões (VZE), transportes públicos e da micromobilidade.

Uber acabou com a recomendação de novos clientes?

A opção de convidar novos membros simplesmente desapareceu.

Uber passa a cobrir 100% do território nacional

Sim, vão até conseguir chamar um Uber na aldeia. Tudo depende da vontade dos motoristas.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – On the Rocks

On the Rocks não parece um filme, mas sim uma história real com pessoas reais… pelo menos até ao terceiro ato.